Siga o OTD

Kei Nishikori - US Open - Masters 1000 de Cincinnati - Coronavírus

Coronavírus

Com coronavírus, Kei Nishikori é dúvida para US Open

Tenista japonês já está fora do Masters 1000 de Cincinnati e repetirá exames para saber se poderá jogar o Grand Slam

Kei Nishikori é o atual número 31 do ranking (Instagram/keinishikori)

Com coronavírus, Kei Nishikori é dúvida para US Open

Ex-número quatro do mundo, Kei Nishikori anunciou neste domingo (16) que testou positivo para o coronavírus. Assim, o tenistas japonês está fora da disputa do Masters 1000 de Cincinnati e é dúvida para o US Open no final do mês, ambos em Nova York.

Nishikori disse estar com sintomas leves, mas se sentindo bem. Ele vai se manter em isolamento na Flórida, onde vive, e repetirá os exames para saber se poderá viajar a Nova York e disputar o Grand Slam, marcado para começar dia 31 de agosto.

+Stefani e Carter são campeãs do WTA de Lexington

“Nessa manhã, enquanto ainda estava na Flórida, testei positivo para o coronavírus. Nesse momento, vou precisar desistir de competir no Masters 1000 de Cincinnati. Eu e meu time vamos fazer novos testes na sexta-feira e espero ter novas notícias até lá. Estou me sentindo bem, com sintomas leves, mas obviamente vou me manter em completo isolamento para a segurança de todos. Nós planejávamos viajar para Nova York nessa segunda, mas vamos seguir na Flórida. Trago notícias na sexta-feira”, afirmou em nota oficial.

O Masters 1000 de Cincinnati seria o primeiro torneio de Nishikori em 2020. O japonês, lesionado, não conseguiu entrar em quadra neste ano. Inclusive, seu último torneio foi justamente o US Open da temporada passada, quando foi eliminado na terceira rodada.

US Open conturbado

A edição de 2020 do US Open será, certamente, muito diferente. Se Nishikori ainda não sabe seu futuro, outros atletas já optaram por não disputar o Grand Slam americano.

É o caso de Rafael Nadal, número dois do mundo e atual campeão do torneio, e do australiano Nick Kyrgios. Além deles, Roger Federer não estará presente, mas por causa de lesão.

+SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Número um do mundo, Novak Djokovic, no entanto, já confirmou presença na competição, assim como Andy Murray, que recebeu um wild card. Além deles, os brasileiros Thiago Monteiro, Thiago Wild e Marcelo Melo também estarão em ação no US Open.

Mais em Coronavírus