Siga o OTD

Rosario 2022

Brasil encerra ginástica artística com mais quatro medalhas

Brasil fatura duas pratas e dois bronzes no último dia e fecha ginástica artística em Rosario 2022 com 12 medalhas

Andreza Lima final trave Rosario 2022
Andreza Lima em sua apresentação na trave (Foto: Ricardo Bufolin/CBG)

O Brasil faturou mais quatro medalhas na ginástica artística dos Jogos Sul-Americanos da Juventude de Rosario 2022 neste domingo (01º), último dia de disputas da modalidade no evento. Foram duas pratas com Andreza Lima, no solo e na trave, e bronzes com Gabriela Barbosa, na trave, e com João Victor Perdigão, no salto.
+ Brasil leva 44 medalhas na natação em Rosario 2022

Andreza Lima foi o grande destaque do Brasil neste domingo, com duas pratas. Na trave, ela recebeu 13.200, tendo 5.200 de dificuldade e 8.000 de execução, ficando atrás somente da argentina Isabella Ajalla, que também fez uma bela apresentação e somou 13.700, com 5.500 de dificuldade e 8.200 de execução. Gabriela Barbosa completou a dobradinha brasileira, recebendo 12.533 (4.700 + 7.833).

No solo, Andreza Lima é quem foi a intrusa num pódio com dobradinha argentina. Com 4.800 de dificuldade, a ginasta recebeu 7.333 de execução e somou 12.533 para ficar em segundo lugar. Mia Mainardi teve 12.800 para levar o ouro, enquanto Isabella Ajalla levou o bronze marcando 12.367. Outra brasileira na prova, Helen Benevides terminou em quinto, com 11.867.

+ SAIBA TUDO SOBRE ROSARIO 2022

João Victor Perdigão consegue quarta medalha

Entre os homens, João Victor Perdigão, que já havia faturado três medalhas em Rosario 2022, conquistou mais uma para sua coleção. Desta vez, a cor foi dourada, que ele ainda não havia recebido. O brasileiro teve média de 12.863, com 12.600 no primeiro salto e 13.125 no segundo, para levar o bronze. O colombiano Angel Barajas foi ouro, com 13.500, seguido pelo equatoriano Daniel Chica (13.050).

João Victor Perdigão final salto Rosario 2022
João Victor Perdigão foi o maior medalhista brasileiro na ginástica artística em Rosário (Foto: Ricardo Bufolin/CBG)

Outro brasileiro na final do salto, Guilherme Silva foi o quarto colocado com 12.525 de média, tendo um salto de 12.850 e outro de 12.200. Nas outras duas finais do dia, João Victor Perdigão foi o quinto colocado nas barras paralelas, enquanto Bernardo Santos foi o oitavo. Bernardo ainda ficou em sexto na barra fixa e Guilherme Silva foi o sétimo.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Campanha brasileira em Rosario 2022

Encerradas as disputas da ginástica artística em Rosario 2022, o Brasil faturou dois ouros, sete pratas e três bronzes, num total de 12 pódios. Os títulos do país vieram com a equipe feminina e com João Victor Perdigão na disputa das argolas. A Colômbia liderou o quadro geral de medalhas da modalidade com folga, graças ao excelente desempenho de Angel Barajas, que conseguiu sete ouros.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Rosario 2022