Siga o OTD

Tóquio 2020

Fernando Scheffer conquista a medalha de bronze nos 200m livre em Tóquio

Fernando Scheffer faz grande prova na raia 8 e conquista o bronze nos 200m livre para o Brasil

(Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA)

O Brasil conquistou a primeira medalha na natação nos Jogos Olímpicos de Tóquio! O primeiro pódio veio com Fernando Scheffer, que completou os 200m nado livre em 1min44s66 e garantiu a medalha de bronze para o país. A Grã-Bretanha fechou o pódio com dobradinha: Tom Dean ficou com o ouro (1min44s22) e Duncan Scott com a prata (1min44s26).

+ Confira o perfil completo e conheça Fernando Scheffer

Com uma prova bastante sólida do começo ao fim, o brasileiro não saiu das quatro primeiras colocações em nenhum momento. Após ter feito a primeira virada na quarta colocação, Fernando Scheffer cresceu na prova e assumiu a segunda colocação nas duas próximas voltas. Nos 50 metros finais, a dupla britânica, que não vinha tão bem até aqui, disparou na parte central da piscina e o brasileiro, que nadou na oitava raia após ter se classificado com o pior tempo da semifinal, manteve o ritmo forte e confirmou o pódio.

Tóquio 200m livre Fernando Scheffer
Fernando Scheffer faz história e repete medalha nos 200m 25 anos (Satiro Sodré/SSPress/CBDA)

“O sentimento que me preenche agora é gratidão. Teve muita gente que esteve comigo todo esse tempo. Todos os treinadores, os preparadores, fisioterapeutas, médicos, amigos de treino, adversários, família, amigos. A galera ficou acordada até tarde para torcer. Hoje todo mundo nadou comigo, essa medalha é de todo mundo”, declarou o atleta.

“A atmosfera que a gente trás define muita coisa. Eu me preparei para vir pra cá e criar o melhor ambiente para mim, o mais descontraído, não jogar uma carga que não precisava. Não coloquei pressão que precisava fazer final, pegar uma medalha, só queria vir aqui e nadar o meu melhor, o que eu treinei pra fazer”, completou.

Fernando Scheffer disputa ainda o revezamento 4x200m (Satiro Sodré/SSPress/CBDA)

Fernando Scheffer repetiu o feito de Gustavo Borges, que também garantiu uma medalha de bronze nos 200m livre em Atlanta-1996, há 25 anos atrás, e também nadando em uma raia de borda, na ocasião a 1, por ter se classificado com o sétimo tempo.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

“Nunca fui o mais rápido, o mais resistente, o mais versátil, mas sempre pensei em ser o mais esforçado. E levo essa mentalidade até hoje e isso é um diferencial importante para trabalhar tudo todos os dias e isso dá confiança para chegar aqui e saber que a gente pode fazer algo a mais”, avaliou.

Fernando Scheffer disputará ainda em Tóquio o revezamento 4x200m livres. No revezamento, o medalhista olímpico nadará ao lado de Breno Correia, nadará com Murilo Sartori e Luiz Altamir. Após a medalha, a equipe chega com uma nova expectativa. A semifinal da prova está marcada para amanhã, ainda na terça-feira em Tóquio, a partir das 08h07 (horário de Brasília).

Mais em Tóquio 2020

viagra