Siga o OTD

Rosario 2022

Judô estreia com dois ouros e uma prata no Sula da Juventude

Ernane Neves (66kg) e Agatha Benedicto (52kg) foram campeões, enquanto Marcus Ramos (55kg) ficou com a prata, nesta terça-feira, 03, em Rosário

JUDÔ ROSARIO 2022
Ernane Neves foi um dos medalhistas do Brasil no primeiro dia de Rosário. Foto: William Lucas/COB

O Judô brasileiro estreou nos Jogos Sul-Americanos da Juventude Rosário 2022 com três pódios, nesta terça-feira, 03. Três, dos quatro judocas em ação no primeiro dia chegaram às finais de suas categorias e faturaram dois ouros e uma prata para o Time Brasil. Ernane Neves (66kg) e Agatha Benedicto (52kg) foram campeões, enquanto Marcus Ramos (55kg) ficou com a medalha de prata. Thayssa Moraes (44kg) não chegou ao pódio, terminando a competição na quarta colocação.

A primeira medalha do dia veio com Marcus, que passou bem pelas preliminares, vencendo Andres Leon (VEN), Galo Villavicencio (ARG) e Matteo Condor (PER), todos por ippon. Na final, o brasileiro começou bem, mas cedeu aos ataques de Jeronimo Pino (COL), que conseguiu um waza-ari e o ippon para ficar com o ouro.

“Foi uma medalha de prata que representa todo o esforço que fiz por todo esse tempo até chegar aqui. Estou triste por perder a final, mas estou feliz pelo meu empenho, pelo meu crescimento por chegar até aqui. Quando eu penso na minha caminhada eu lembro dos meus treinos, dos puxões de orelha de todos os meus senseis, do esforço da minha família, tudo. Eu não vou desistir. Podem ser Jogos Sul-Americanos, o que for, eu vou sempre para buscar o ouro”, avaliou Marcus, que tem apenas 16 anos e está iniciando sua carreira competitiva internacionalmente.

Já o primeiro ouro do Brasil veio com Agatha Benedicto (52kg), que venceu Laura Vasquez (ECU), nas punições na luta final e comemorou muito a sua primeira medalha de ouro internacional. Ela já havia batido na trave no Pan-Americano de Lima, neste ano, quando ficou com a prata. Nas preliminares, Agatha venceu Priscilla Sanchez (URU), Leomaris Ruiz (VEN) e Valentina Alamo (ARG).

+ Filipinho e mais cinco brasileiros vão às oitavas em Margaret River

“É a primeira vez que eu participo dos Jogos Sul-Americanos e sair com a medalha de ouro é muito gratificante, de verdade. O clima é incrível, a união, nas preliminares eu vi que tinha gente da ginástica do Brasil, que nem entende muito de judô, mas veio torcer. Conhecer outros esportes, outros países é incrível”, disse com entusiasmo a brasileira. “Eu sabia que viriam meninas bem duras, principalmente, argentinas, porque estão em casa, e eu fui uma das poucas que teve que fazer quatro lutas. Mas, fico satisfeita com meu desempenho. Esse resultado significa que os treinos estão funcionando, é um passo mais perto dos meus objetivos finais, que são os Jogos Olímpicos, Mundial.”

Por fim, Ernane Neves (66kg) fechou o dia do Brasil com mais uma medalha de ouro, batendo Luis Pacheco (ECU) por ippon (2 waza-ari) em poucos minutos de luta. O brasileiro foi dominante em todos os seus combates anteriores para superar Esteban Barrionuevo (ARG) e Jonathan Castillo (COL) até chegar à final.

“Eu vi esses Jogos como uma mini Olimpíadas, um sentimento muito parecido com o que eu sonho viver um dia, é apenas o começo”, contou Ernane ao finalizar seu dia dourado. “Eu gostei bastante do meu desempenho , apesar de a primeira luta ter sido um pouco dura. Primeira luta é sempre complicado, a gente entra frio. Mas, no restante, lutei bem. Saio feliz, sabendo que dei tudo de mim e deu tudo certo.”

A única brasileiro que não subiu ao pódio em Rosário foi Thayssa Moraes, que fez quatro lutas, venceu uma e perdeu três. Sua categoria tinha cinco atletas que se enfrentaram no sistema de todas contra todas. Com os resultados, Thayssa ficou em quarto lugar, oficialmente.

Na quarta, 04, o Brasil terá mais quatro judocas no tatame argentino: Bianca Reis (63kg), Mari Hayse Silva (70kg), Matheus Guimarães (81kg) e Jesse James Barbosa (100kg). As preliminares começam às 10h e as finais serão às 15h, no horário de Brasília, com transmissão da Panam Sports e do Canal Olímpico do Brasil.

+SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Rosario 2022