Siga o OTD

Golfe

Brasil estreia no Sul-Americano Amador nesta quarta-feira

Equipe do Brasil disputa entre 12 a 15 de janeiro, em Quito, no Equador, o Campeonato Sul-Americano Amador de golfe com sete atletas

Campeonato Sul-Americano Amador de golfe Homero de Toledo
Enrique Berardi/PGA TOUR

A delegação brasileira está no Equador para disputar o XVI  Campeonato Sul-Americano Amador de golfe, que será realizado no campo do Quito Tenis e Golf Club, ma capital do Equador, de 12 a 15 de janeiro. A Confederação Brasileira de Golfe (CBGolfe) convocou para a equipe feminina as golfistas Beatriz Junqueira (RJ), Maria Luiza Soares (RS), Marina Nonaka (SP) e Meilin Hoshino (SP). A equipe masculina é formada por Homero de Toledo (PR), Renato da Silva Filho (PR)  e Thomas Choi (SP).

Infelizmente, Breno Domingos(RJ) não pôde viajar com a delegação após testar positivo para Covid-19, antes do embarque para o Equador, onde completaria a equipe brasileira. O atleta do Japeri Golfe tem o esquema vacinal completo, encontra-se em isolamento e está assintomático.

+Brasileiros fecham participação no Junior Orange Bowl sem brilho

Estão também no Equador o treinador Luiz Miyamura (PR), a treinadora assistente Nathalya Maschio (PR) e como delegado, Osmar da Costa Sobrinho, presidente da Confederação Brasileira de Golfe (CBGolfe) e presidente da Federação Sul-Americana de Golfe (FSG)

O objetivo da CBGolfe é sempre dar oportunidade a mais atletas brasileiros participarem de torneios de alto nível técnico e ganharem experiência internacional. Dentro dos critérios de convocação para o XVI  Campeonato Sul-Americano Amador não participam os jogadores masculinos que irão disputar o Latin America Amateur Championship (LAAC), que será realizado na República Dominicana, de 20 a 23 de janeiro de 2022. Sendo assim os critérios, masculino e feminino, são o melhor colocado no ranking mundial amador (WAGR), os dois primeiros colocados do ranking nacional e um atleta definido pela comissão técnica da Confederação Brasileira de Golfe, através de critérios técnicos, levando-se em conta performance técnica recente e evolução técnica, entre outros fatores.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Caso algum dos melhores atletas do ranking nacional sejam selecionados pelo critério do ranking mundial (WAGR), a vaga será direcionada para os próximos colocados do ranking nacional, chegando até a terceira colocação. E, se a vaga continuar disponível após o critério anterior a decisão passará a ser da comissão técnica da CBGolfe, com base na performance técnica e médias de escores dos torneios no segundo semestre.

Todos os jogadores e membros das delegações oficiais devem entrar no país com um teste PCR negativo para poder participar da competição. A fim de cumprir com o Protocolo de Competição de Golfe aprovado pelas autoridades instalações sanitárias do Equador, um teste de PCR será realizado na segunda-feira, 10 de janeiro, dia de treino, para todos os jogadores, delegados, autoridades e funcionários, sendo um pré-requisito a apresentação do teste com resultado negativo. O custo desses testes será arcado pela Federação Sul-Americana de Golfe (FSG).

Na sexta-feira, dia 14 de janeiro, no final do dia do jogo, será realizado testes em todos jogadores, delegados e autoridades para seu retorno aos seus respectivos países. O custo destes testes ficará a cargo de cada delegação. Nas áreas sociais do clube, o uso de máscara é obrigatório, da mesma forma driving range e tee. Durante o jogo, não é necessário usar a máscara, desde que seja mantido o distanciamento social estabelecido (2 metros).

Mais em Golfe

viagra