Siga o OTD

Tóquio 2020

Ana Sátila e Pepê Gonçalves avançam para a semifinal na canoagem slalom

Conseguindo melhorar a própria marca na segunda descida, Ana Sátila e Pepê Gonçalves sobem na classificação e se garantem nas semifinais em Tóquio

ana sátila pepê gonçalves
Miriam Jeske/ COB e Gaspar Nobrega/COB

O Brasil segue com dois atletas para a semifinal da canoagem slalom nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Depois de terminar fora da final na disputa do K1, Ana Sátila avançou para a próxima fase da competição com a quarta melhor marca. Já na chave masculina, Pepê Gonçalves, que pertence ao Time Dux Nutrition, teve duas boas descidas pelo percurso e foi o 10º colocado, também avançando para a semi.

+ Confira TUDO sobre a disputa da canoagem slalom nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Para as finais, a canoagem slalom faz uma divisão. A disputa feminina do C1 terá suas finais, semifinal e final, na madrugada e manhã desta quinta-feira (29), a partir das 2h. Já a disputa do K1 entre os homens terá suas descidas decisivas na madrugada da sexta-feira (30), também a partir das 2h.

Ana Sátila

Em sua primeira descida pelo percurso no dia, Ana Sátila conseguiu um bom início. Apesar de ter tocado no portão 8, a brasileira passou ilesa pelo portão 14, o qual a grande maioria das atletas acabaram tocando. Desta forma, Ana acabou sendo penalisada com dois segundos. Já na reta final, Sátila voltou a tocar em um dos portões e colocou sua penalisação em quatro segundos. Com isso, a representante do Brasil terminou com a 11ª colocação geral, com a marca de 120.56s.

Em sua segunda passagem pelo percurso, a brasileira melhorou ainda mais sua marca. Com outro ritmo desde o começo, Ana Sátila encontrou uma maneira de melhorar seu tempo. Com apenas uma penalidade, no portão oito, a representante do Brasil terminou sua participação no C1 com a marca de 109.90, fechando a classificatória com a quarta posição geral, avançando para a semifinal.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Pepê Gonçalves

Abrindo sua participação nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Pepê Gonçalves foi bem na primeira descida. Conseguindo impor seu ritmo forte e agressivo, o brasileiro conseguiu terminar o percurso com a marca de 94.13s. Apesar dessa boa marca, Pepê teve dois toques, um no portão seis e um no portão 24, e terminou com a marca de 98s13s, ocupando a 15ª colocação.

+RECEBA NOTÍCIAS NO NOSSO CANAL NO TELEGRAM OU PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DO WHATSAPP

Na segunda passagem pelo percuso, Pepê Gonçalves conseguiu um dos melhores tempos do dia. Com outro ritmo na descida, arriscando mais e muito mais intenso durante toda a prova, o brasileiro foi baixando o tempo em cada setor e, mesmo com um penalidade e dois segundos somados, terminou com a marca de 92.91 e ficou com a 10ª colocação geral.

Mais em Tóquio 2020

viagra