Siga o OTD

Brasil x Tunísia - Pré-Olímpico de Split

Tóquio 2020

Brasil é melhor a maior parte do tempo e vence a Tunísia no Pré-Olímpico de Split

Com 15 pontos de Benite, a seleção brasileira de basquete superou a Tunísia por 83 a 57 e encaminhou a vaga na semifinal do Pré-Olímpico de Split

FIBA

Brasil é melhor a maior parte do tempo e vence a Tunísia no Pré-Olímpico de Split

E deu Brasil! Jogando melhor na maior parte do tempo, a seleção brasileira superou a Tunísia por 83 a 57 na primeira rodada do Pré-Olímpico de Split, na Croácia. Com um bom jogo coletivo, os brasileiros contaram com 15 pontos de Benite, 11 de Hettsheimeir e 10 de Lucas Dias para vencer com tranquilidade. Nesta quarta-feira (30), a equipe brasileira enfrenta a Croácia.

“Tivemos alguns problemas nos primeiros 7, 8 minutos e isso dificultou o começo do jogo. Depois, quando resolvemos isso, passamos a jogar como treinamos e atuamos contra a Polônia, a vitória veio. Temos muito respeito pela Tunísia e temos muito respeito ao nosso objetivo. Estamos muito felizes por estarmos a 72 horas da semifinal”, comentou Petroivc.

“O primeiro jogo da competição sempre tem aquela ansiedade e os erros. Depois de tanto tempo de preparação, você precisa manter a cabeça no lugar e começar ganhando. Feliz com a atuação de todos e vamos seguir ganhando e melhorando; É uma competição curta e você tem que focar no próximo adversário, que é a Croácia. É descansar e focar nos croatas”, comentou Benite.

O jogo

A seleção brasileira começou a partida com uma boa postura. Conseguindo marcar bem e achar o melhor arremesso no ataque, os brasileiros passaram a primeira metade do quarto em vantagem. Na reta final, melhorando o aproveitamento nas bolas de três, a Tunísia encostou e os primeiros 10 minutos terminaram com 21 a 21 no placar. 

-Tudo que você precisa saber sobre o Pré-Olímpico Mundial de basquete

No segundo período, as duas seleções não começaram bem ofensivamente e o placar congelou nos primeiros minutos. Depois desse primeiro momento, a seleção brasileira voltou a marcar muito forte e com uma bola de três, de Lucas Dias, os brasileiros assumiram o marcador com 28 a 26. 

Na sequência do duelo, o Brasil encontrou o ritmo. Mantendo a boa marcação e conseguindo acelerar os ataques, com Yago e Rafa Luz, os brasileiros colocaram a diferença em 38 a 29 e o jogo parou. Na volta, a Tunísia seguiu errando dos dois lados da quadra e a diferença foi em 43 a 31 para o intervalo.

+ SAIBA TUDO DO BASQUETE NOS JOGOS OLÍMPICOS DE TÓQUIO

Na volta para a quadra, o Brasil seguiu melhor. Defendendo muito bem e comandado no ataque por Benite, a seleção brasileira aumentou ainda mais a vantagem no marcador, com 57 a 40. Em seguida, mesmo com as trocas, o time brasileiro não baixou o ritmo e a diferença no placar foi para os últimos 10 minutos em 64 a 46.

No quarto período, a seleção brasileira manteve o ritmo e colocou mais diferença no marcador. Conseguindo realizar um “treino de luxo”, o Brasil administrou a vantagem e controlou o ritmo para sair com a vitória por 83 a 57.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Convocados para o Pré-Olímpico de Split

Armadores
Georginho – São Paulo
Marcelinho Huertas – Tenerife-ESP
Rafa Luz – BC Nevžis-Optibet-LIT
Yago – Flamengo

Alas/Armadores
Vitor Benite – Burgos-ESP

Alas
Alex Garcia – Bauru
Léo Meindl – Fuenlabrada-ESP

Alas/pivôs
Bruno Caboclo – Limoges-FRA
Lucas Dias – SESI Franca

Pivôs
Anderson Varejão – Cleveland Cavaliers-EUA
Lucas Mariano – São Paulo
Rafael Hettsheimeir – Flamengo

Mais em Tóquio 2020