Siga o OTD

#5fatos que você não sabia sobre Laís Nunes

#5fatos

#5fatos que você não sabia sobre Laís Nunes

No quadro do OTD, conheça 5 curiosidades sobre a atleta Laís Nunes, do wrestling. Assista!

Vocês já sabem, toda quarta é dia de 5 fatos aqui no Olimpíada Todo Dia. A personagem de hoje é Laís Nunes, do wrestling. A goiana, de 27 anos, foi bronze nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019 e contou curiosidades muito legais no nosso quadro! Vamos descobrir mais da atleta? Assista ao vídeo completo!

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

VEJA MAIS VÍDEOS DO 5 FATOS AQUI!

MAIS VÍDEOS SOBRE WRESTLING:

+ CONHEÇA Giullia Penalber, atleta de WRESTLING do Brasil

+ #TAG: ÍDOLOS NO ESPORTE com Jojoca, Aline Silva, Giovana Pinheiro e Caio Senise

+ COB celebra 100 dias para o Pan-Americano Lima 2019

+ Giullia Penalber conquista o bronze no estilo livre em Lima

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE LAÍS NUNES:

Laís Nunes, do wrestling, na arte do 5 fatos, quadro do Olimpíada Todo Dia | 5 fatos | curiosidades | assista
Laís Nunes, do wrestling, na arte do 5 fatos, quadro do Olimpíada Todo Dia
Vou para Tóquio melhor do que estava no Rio, diz Laís Nunes

Um dos principais nomes do wrestling do Brasil, Lais é uma das classificadas para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Com vaga assegurada na competição, adiada para 2021, por causa da pandemia de coronavírus, ela busca agora um resultado histórico: tornar-se a primeira medalhista olímpica na história da modalidade.

+ Assista as curiosidades de Laís Nunes acima!

A lutadora já soma outras conquistas importantes em sua carreira, como a de ser a primeira brasileira campeã pan-americana nas categorias cadete, juvenil e adulta. Leia mais no OTD!

Aline Silva e Laís Nunes carimbam vaga para Tóquio no wrestling

O wrestling brasileiro tem mais duas representantes nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Neste sábado (14), Aline Silva e Laís Nunes chegaram até a final da Seletiva Olímpica Pan-Americana da luta livre feminina, realizado em Ottawa, no Canadá, e se tornaram as duas primeiras mulheres a se garantirem na modalidade nos Jogos de Tóquio 2020.

Na sexta (13), Eduard Soghomonyan foi o primeiro lutador brasileiro a conseguir a vaga olímpica, na categoria até 130 kg. Para carimbar o passaporte, Aline venceu três lutas e perdeu uma, enquanto que Laís triunfou três vezes. Leia mais no OTD!

Mais em #5fatos