Siga o OTD

Vôlei

Minas é campeão de novo em cima do Praia e vai ao Mundial

Menos de duas semanas depois de conquistar a Superliga, Minas é campeão sul-americano de novo em cima do Praia e vai ao Mundial de clubes

minas campeão em cima do praia sul-americano de clubes de vôlei feminino
Eliezer Esportes/Praia Clube

Menos de duas semanas depois de vencer o Praia na final da Superliga, o Minas voltou a derrotar o rival, agora na final do Campeonato Sul-Americano e garantiu a classificação para o Mundial de clubes. O duelo, disputado em Uberlândia, foi marcado pelo equilíbrio e terminou com vitória minatenista em cinco sets com parciais de 22/25, 25/19, 25/16, 21/25 e 15/13.

Kisy, do Minas, foi a maior pontuadora do jogo, com 19 acertos, e também foi eleita a melhor jogadora do Campeonato Sul-Americano. Já Tainara foi o destaque do Praia, com 18 pontos.

Foi a sexta vez que o Minas sagrou-se campeão sul-americano na história. As outras foram em 1999, 2000, 2018, 2019, 2020 e 2022. O pódio foi inteiro brasileiro, já que o Sesi Bauru ficou em terceiro lugar depois de vencer a disputa do bronze em cima do Regatas Lima, do Peru.

Por enquanto, apenas o Minas está garantido no Mundial. Já o Praia vai ter que esperar pela definição da Federação Internacional de vôlei (FIVB) quanto ao país-sede da competição e o número de participantes. Se forem oito times, os dois vão estar na disputa. Se forem seis, apenas a equipe de Belo Horizonte vai representar o Brasil.

A partida marcou a despedida de Macris do Minas. A levantadora, que se emocionou muito ao final da decisão, vai jogar no Fenerbahce, da Turquia. A jogadora deixa a equipe com 13 títulos conquistados, dos quais quatro foram em campeonato sul-americanos. “Estou muito feliz. Finalizar com este título é coroar a minha história no Minas. Meu vôlei cresceu imensamente aqui. Eu sou só gratidão”, afirmou a atleta.

Do lado do Praia, a veterana Walewska, de 42 anos, participou de sua última partida antes da aposentadoria de uma carreira brilhante em que foi campeã olímpica em Pequim-2008 e bronze em Sydney-2000. “Estou muito orgulhosa desse time. A gente uniu forças depois da Superliga, chegamos aqui hoje e jogamos de igual para igual. Eu tenho que agradecer a todo mundo por ter terminado a carreira aqui e por ter participado deste grupo. Vou guardar isso para o resto da vida”, garantiu.

+ Confira a tabela do Sul-Americano de Clubes

Finalistas da última Superliga, Minas e Praia Clube fizeram uma campanha consistente no Sul-Americano de Clubes de vôlei feminino. Os dois times avançaram em primeiro lugar de seus respectivos grupos e anotaram 3 a 0 na semifinal. Enquanto o time de Belo Horizonte passou pelo peruano Regatas Lima, o Praia encarou o rival paulista Sesi Bauru.

Minas e Praia Clube já se enfrentaram em outro jogo decisivo há duas semanas, na final da Superliga feminina. Na ocasião, em melhor de três jogos, o Minas venceu os dois primeiros por 3 a 1 e ficou com o título da competição.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

A rivalidade entre Minas e Praia Clube não fica apenas no campo do nacional. As duas equipes decidiram as quatro últimas edições do Sul-Americano de Clubes de vôlei feminino. No ano passado, o Praia levou a melhor, mas a equipe de Nicola Negro foi superior em 2019, 2020 e 2022.

PRAIA CLUBE: Claudinha, Tainara, Carol, Jineiry, Kasiely, Anne Buijs e Ju Perdigão (líbero). Entraram: Suelen, Vanessa Janke e Lyara. Técnico: Paulo Coco

MINAS: Macris, Kisy, Carol Gattaz, Thaisa, Pri Daroit, Ozsoy e Léia (líbero). Entraram: Pri Heldes, Pri Souza e Sabrina. Técnico: Nicola Negro.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Fundador e diretor de conteúdo do Olimpíada Todo Dia

Mais em Vôlei