Siga o OTD

Tainara Osasco Karyna

Vôlei

Osasco confirma Tainara e continuidade de jovem central

O time comandado pelo técnico Luizomar apresentou nesta quarta-feira (5) mais duas jogadoras e o elenco já tem dez atletas contratadas

Com as divulgações de Tainara e Karyna, o Osasco já tem dez jogadoras confirmadas para 2020/21 (Reprodução/osascovoleitv)

Osasco confirma Tainara e continuidade de jovem central

Toda quarta-feira é dia de novidade em Osasco. E nesta semana não foi diferente. Em live em seu canal oficial, o Osasco Audax/São Cristóvão Saúde divulgou mais duas jogadoras para a temporada 2020/21. As anunciadas desta vez foram a ponteira Tainara, de 20 anos e com passagem pela seleção brasileira de base e adulta, e a renovação da jovem central Karyna Malachias, de 21 anos e que já fez parte do elenco em 2019/20.

“Estou muito feliz ingressar à equipe. Sempre foi um sonho jogar em Osasco e hoje está se tornando realidade. Quero agradecer a Deus, a minha família, ao Luizomar, aos patrocinadores e à cidade de Osasco. Acho que essa temporada será incrível e espero que de muitas conquistas. Agora eu quero ter a sensação de ter o Liberatti ao meu favor, pois sempre tive que jogar contra quando era adversária”, disse Tainara.

“Será uma temporada de muitos treinos e espero aprender bastante não só com a comissão técnica, mas com todas as atletas. A chegada ao Osasco acrescentará muito na minha carreira e nos meus sonhos. A torcida pode esperar uma Tainara guerreira, que vai para cima, que tem muita personalidade. Darei meu máximo para tentar trazer todos os títulos possíveis. Quero agregar de uma forma especial”, concluiu a ponteira.

+ Sesi Bauru anuncia o retorno da ponteira Vanessa Janke

Ao contrário da novata Tainara, Karyna parte para sua segunda temporada vestindo a camisa do Osasco. “Estou muito feliz em poder renovar. A temporada passada foi uma experiência imensa para mim e esse ano eu espero que seja melhor ainda. Estou ansiosa para voltar a treinar e colocar em quadra meu melhor desempenho, superando o que apresentei no ano passado”, comentou a jovem central.   

Palavras do técnico

Osasco Tainara Karyna
O Osasco apresentou as duas jogadoras em live nesta quarta (reprodução/osascovoleitv)

Durante o encontro, o técnico Luizomar comentou brevemente sobre as duas atletas. “A Tainara já é uma realidade, mas Osasco fará muito bem para ela, pois jogará com responsabilidade da camisa, de torcida apaixonada e em um time que está sempre buscando títulos. A conheço das seleções de base e lá ela já chegou com muita personalidade. Mesmo sendo a mais nova, ela chegou querendo e em busca de seus sonhos”, destacou.

+ Lucarelli chega na Itália e se apresenta ao Trentino

“A Karyna eu senti um pouco ansiosa e nervosa de estar no meio de um elenco experiente, mas logo foi se soltando. Ela tem um potencial enorme de bloqueio e foi muito bem na temporada passada. Lógico que precisa ter um pouco de paciência, já que não teve tantas oportunidades. Mas ajudou demais nos treinamentos e sempre com muita vontade. Isso é muito importante para uma atleta jovem”, concluiu o treinador.

+ Sem recursos, Maringá se despede da Superliga masculina

Exclusiva ao OTD

Antes de ser oficializada por Osasco, Tainara concedeu entrevista exclusiva ao Olimpíada Todo Dia e contou que foi complicado a transição para ponteira. Ela começou no vôlei como central e chegou a atuar na posição de oposto também. “No começo foi bem difícil. É difícil até hoje, pois, como comecei de central, não tinha muito recurso e não treinei muito passe. Isso me prejudicou um pouco”, revelou.

+ Minas e Sheilla seguem em negociação para a renovação

“Por causa disso sempre tive que correr a mais e treinar e passar a mais. Acredito que me adaptei muito rápido, já que gostava muito e sempre quis jogar como ponteira e passando”, completou Tainara, que tem consciência que a recepção é o fundamento que mais precisar aprimorar. No ataque, ela não enfrentou tantos problemas na entrada de rede, porém, admite ter mais facilidade na saída de rede.

“O ataque que mais tenho tranquilidade é na saída de rede, pois joguei por mais tempo como oposto. Na ponta a bola faz uma trajetória maior e como fui central em algumas oportunidades é difícil pegar o tempo da bola. Em algumas ocasiões eu perco o tempo por ter saído antes e a bola veio mais alta. A bola para trás (saída de rede) é muito mais rápida do que a bola para frente (entrada de rede)”, explicou a ponteira.

Do futebol ao vôlei

E quem vê esse sucesso no vôlei não imagina que na infância Tainara gostava de praticar outro esporte. “Eu gostava de jogar futebol até que o professor de educação física da minha escola, chamado Nico, perguntou se eu não queria bater bola com eles no final de semana por eu ser alta. No começo não sabia nada de vôlei e nunca tive interesse”, contou Tainara ao OTD.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

A jovem Karyna iniciou a carreira no vôlei aos 14 anos, em Barueri. Três anos depois, rumou para Osasco, onde defendeu o Bradesco. Na temporada 2018/19, a central defendeu o Pinheiros, sempre colecionando títulos nas categorias de base. “Fui campeã paulista do mirim até o juvenil, campeã brasileira juvenil e campeã sul-americana sub-20 pela Seleção Brasileira”, contou a jovem central.

Divulgações semanais

Todas as quartas-feiras, o time de Osasco está anunciando duas atletas para a temporada 2020/21. Além de Tainara e Karyna, o clube, por meio de lives no canal oficial, já divulgou a permanência da líbero Camila Brait, da central Bia e da levantadora Roberta. E confirmou as contratações de Sonaly (ponteira), Naiane (levantadora), Camila Paracatu (central), Gabi Cândido (ponteira) e Tandara (oposto).

Ficha técnica:

  • Karyna Malachias
  • Posição: Central
  • Altura: 1,94 metros
  • Nascimento: 26 de fevereiro de 1999
  • Local: São Paulo (SP)

Ficha técnica

  • Tainara Lemes Santos
  • Posição: Ponteira
  • Altura: 1,87 metros
  • Nascimento: 9 de março de 2000
  • Local: Jandira (SP)

Mais em Vôlei