Siga o OTD

Robert Scheidt laser vilamoura vice líder regata da medalha

Tóquio 2020

Em busca do recorde, Robert Scheidt estreia em sua sétima Olimpíada com 11º lugar

Maior medalhista olímpico brasileiro vai em busca do sexto triunfo; Patrícia Freitas também estreia na RS-X

Em busca do recorde, Robert Scheidt estreia em sua sétima Olimpíada com 11º lugar

A madrugada do Brasil nesse domingo (25) marcou o início das competições na vela nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. O Brasil foi representado por Robert Scheidt na classe laser e Patrícia Freitas na classe RS-X.

Maior medalhista olímpico da história do Brasil, Robert Scheidt iniciou sua trajetória em sua sétima Olimpíada. Na primeira regata da classe laser, a lenda brasileira terminou com um 11º lugar, somando assim 11 pontos perdidos na Baía de Hiroshima, no Japão.

+ CHANCES DE SCHEIDT, FAVORITOS E MAIS: SAIBA TUDO SOBRE A CLASSE LASER DA VELA

O vencedor da primeira regata foi o francês Jean-Baptiste Bernaz, seguido pelo finlandês Kaarle Tapper e pelo norueguês Hermann Tomasgaard. Scheidt chegou a liderar no início, mas perdeu posições ao longo da regata, sem se distanciar dos melhores, no entanto.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

A segunda regata era para ter sido disputada hoje, mas foi será disputada ainda neste domingo. Depois, os velejadores terão mais oito regatas até a “medal race”, marcada para 1º de agosto. Scheidt brigará pela sua sexta medalha para se isolar como maior medalhista da história do Brasil. Em termos de participações,

RS-X

Patrícia Freitas também estreou na classe RS-X, mais conhecida como windsurf. Nas duas primeiras regatas, a brasileira ficou na 14ª colocação por duas vezes, perdendo ao todo 28 pontos. Na última, no entanto, melhorou e terminou em quarto lugar. Após os resultados do dia, ela está em 11º no geral co 17 pontos (já com um descarte considerado)

Patrícia Freitas RS-X Jogos Olímpicos de Tóquio - vela - Olimpíada
Patrícia Freitas estreou nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 (arquivo)

Mais em Tóquio 2020