Siga o OTD

Tóquio 2020

Após suspensão, Jorge Zarif volta a competir em setembro

Ocupando a quinta colocação no ranking mundial da classe Finn, velejador está treinando no litoral de São Paulo para a Semana de Vela do Rio de Janeiro

Jorge Zarif Velejador Tóquio Semana de Vela do Rio de Janeiro
Suspenso por doping, Jorge Zarif está liberado após mais de um ano sem competir (MIT/Divulgação)

Classificado para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2021, o velejador Jorge Zarif está liberado para voltar a competir desde o dia 14 de agosto. O atleta, que cumpriu suspensão por doping, está treinando em Ilhabela e São Paulo para os eventos nacionais e sua primeira competição será a Semana de Vela do Rio de Janeiro, que está marcada de 5 a 7 de setembro, no Iate Clube do Rio de Janeiro.

+ Albrecht e Gabriela Nicolino voltam a competir em setembro

“Estou ansioso para voltar a competir depois de tanto tempo. Nesse período de quarentena, eu tomei todos os cuidados possíveis e mantive a parte física. Desde agosto estou treinando na água focado nessa reta final de campanha olímpica”, destacou Jorge Zarif, que garantiu vaga para seu terceiro Jogos Olímpicos, já que esteve em Londres-2012, quando ficou em 20º, e na Rio-2016, quando terminou na quarta posição.

Atualmente, Jorge Zarif ocupa a quinta colocação no ranking mundial da classe Finn. O velejador não participa de regatas oficiais desde dezembro do ano passado. Na ocasião, ele disputou a Finn Gold Cup, em Melbourne, na Austrália. A Semana de Vela do Rio de Janeiro acontecerá com todas as normas de distanciamento social essenciais na prevenção à pandemia de coronavírus.

+ Para chegar bem em Kiel, Scheidt treina com quarto do mundo

Está será a 33ª edição da Semana de Vela do Rio de Janeiro, que contará em 2020 com seis regatas para as classes Optimist, 420, 29er, Laser, RS:X, IQFoil, Finn, Snipe, 470, 49er, 49FX e Nacra 17. Jorge Zarif se garantiu em Tóquio no Campeonato Europeu de 2019, na Grécia. O velejador tem como principal resultado na carreira o título mundial de 2013, em Tallin, na Estônia.

Suspensão por doping

Jorge Zarif Velejador Tóquio Semana de Vela do Rio de Janeiro
Em Tóquio, Jorge Zarif vai disputar seu terceiro Jogos Olímpicos (Fred Hoffmann)

No final de 2019, Jorge Zarif viu sua vida virar de cabeça para baixo, após ser flagrado no exame anti doping em agosto. Dez meses depois, foi confirmada a punição de um ano de suspensão para o paulista de 27 anos. O velejador recebeu a pena por conta da presença da substância tamoxifeno.

+ Martine e Kahena estão entre as favoritas ao ouro em Tóquio

Na época do anúncio da suspensão, Jorge Zarif explicou que utilizou a substância por 20 dias por recomendação médica para o tratamento de ginecomastia bilateral, doença que causa o aumento das mamas e limita os movimentos. Em junho, o velejador concedeu entrevista exclusiva ao Olimpíada Todo Dia e quebrou o silêncio sobre o assunto.

“Eu recebi a notícia quando tinha acabado de sair do hospital, porque eu tinha ido tirar cisto no ombro. Eu estava entrando no carro, li o e-mail com a notificação e fiquei em choque. Passei uns cinco minutos parado, não fazia a menor ideia de que isso podia acontecer. Senti como se fosse acabar minha vida… Na hora você fica desesperado e acho que é a pior coisa que pode acontecer com um atleta”, desabafou Jorge Zarif.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

“Quando passou esse primeiro choque, entrei no carro, voltei para casa ainda muito mal, tentando entender o que tinha acontecido. E aí comecei a ligar para as pessoas, para as entidades devidas avisando do resultado analítico adverso e já tentando buscar soluções”, acrescentou o velejador.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Tóquio 2020