Siga o OTD

Bruno Soares Jamie murray Aberto da Austrália volta a jogar tênis Melbourne

Tênis

Bruno Soares perde de virada e dá adeus ao Masters 1000 de Miami

Dupla do brasileiro vence o primeiro set, mas se complica no jogo e toma a virada de Evans e Skupski

(divulgação/Australian Open)

Bruno Soares perde de virada e dá adeus ao Masters 1000 de Miami

Pela segunda rodada da chave de duplas masculinas do Masters 1000 de Maimi, Bruno Soares foi derrotado. Neste domingo (28), o brasileiro, que atua ao lado de Jamie Murray, perdeu de virada para os britânicos Daniel Evans e Neal Skupski, com parciais de 5/7, 7/5 e 10 a 7. Com o resultado, Soares e Murray estão eliminados da competição.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

O confronto

A partida começou com Bruno Soares e Jamie Murray dominando. Ditando o ritmo no começo do duelo, a dupla quebrou o serviço dos adversários no segundo game e abriu 3 a 1 no marcador. A vantagem de Soares e Murray se manteve até a reta final, quando Evans e Skupski devolveram a quebra e sacaram para empatar a parcial.

Com a necessidade da vitória no game para se manter vivo no set, os britânicos mantiveram o ritmo e conseguiram a igualdade em 5 a 5. Após o empate, Bruno Soares e Jamie Murray voltou a atuar como no começo do jogo e confirmaram o saque, fazendo 6 a 5. Na sequência, a dupla do tenista brasileiro aproveitou a o primeiro set point que teve, quebrou Evans e Skupski e fez 7/5.

Segundo set equilibrado

Atrás do placar, a dupla britânica começou o segundo set com tudo, quebrou o serviço de Soares e Murray e abriu 2 a 0 na parcial. Depois desse começo, a dupla do tenista brasileiro cresceu e virou para 4 a 3.

Depois de tomar a virada, Evans e Skupski retomaram o ritmo, confirmaram o saque e devolveram a quebra, voltaram a liderar por 5 a 4 e sacaram para empatar a partida. Contudo, Bruno Soares e Jamie Murray disputaram cada ponto, salvaram um set point e igualaram em 5 a 5.

Jamie Murray e Bruno Soares estão na final do Great Ocean Road Open em Melbourne
Divulgação

Na continuação da parcial, cada uma das duplas confirmou seu saque e a definição foi para o tie break. Nele, Soares e Murray abriram 2 a 0 e jogaram a pressão para o outro lado da rede. Atrás do placar, Evans e Skupski confirmaram os saques e igualaram em 2 a 2.

Na sequência, com cada uma das duplas aproveitando um de dois saques, o tie break seguiu igual, com 4 a 4. Na reta final Evans e Skupski foram superiores, abriram vantagem e fecharam com 7/6(4).

Virada confirmada

O desempate da partida foi no super tie break e nele os britânicos foram melhores. No começo, aproveitando os erros de Soares e Murray, Evans e Skupski abriram vantagem e fizeram 5 a 1. Com a grande desvantagem, a dupla do tenista brasileiro buscou ser mais agressiva e com isso cortou a diferença para 6 a 5.

No momento de decisão, as duplas passaram a se alternar nos pontos e a diferença de um seguiu, até Evans e Skupski abrirem 9 a 7 e terem o match point, fechando o jogo com 10 a 7.

Mais em Tênis