Siga o OTD

Tóquio 2020

Isaac Souza conquista medalha de ouro no fechamento do Grand Prix de Bolzano

Isaac Souza vence torneio preparatório para Tóquio nos saltos ornamentais e conquista a segunda medalha para o Brasil na competição italiana

(Satiro Sódre/CBDA/arquivo)

Isaac Souza conquista medalha de ouro no fechamento do Grand Prix de Bolzano

O Brasil conquistou mais uma medalha de ouro no último dia do Grand Prix de Bolzano de saltos ornamentais, na Itália. Isaac Souza participou da prova de plataforma de 10m neste domingo (4) e conquistou a segunda medalha de ouro da delegação brasileira no torneio.

Após uma sequência sólida nos seis saltos realizados, Isaac somou 377.50 pontos na somatório, resultado que lhe garantiu a medalha de ouro no torneio com certa folga, já que o segundo colocado, o italiano Ricardo Giovannini somou 356.85, enquanto o terceiro colocado, o também atleta local Andreas Larsen, conquistou 340.80.

+ Diversidade, amizade e igualdade são as marcas do Time Nissan 2.0

Outro brasileiro garantido na decisão desta prova, Kawan Pereira acabou não realizando os seus saltos após ter sentido dores durante o aquecimento. A comissão técnico achou por bem poupar o saltador.

saltos ornamentais
Isaac Souza conquista a segunda medalha dourada do Brasil na competição (Divulgação/CBDA)

O país ainda esteve representando neste último dia por Luana Lira, que ficou na quarta colocação na prova final do trampolim de 3m. Com 242.65 pontos conquistados, a atleta esteve a 13 pontos de subir no pódio, que foi formado pela holandesa Inge Janssen (292.90) levou a medalha de ouro e as italianas Elena Bertocchi (275.65) e Chiara Pellacani (255.25).

O Brasil fecha a sua participação no Grand Prix de Bolzano de saltos ornamentais com duas medalhas de ouro. Além da conquista de Isaac Souza neste domingo, Ingrid Oliveira havia garantido o primeiro lugar do pódio na disputa na plataforma de 10 metros.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAM E NO FACEBOOK

Isaac Souza, Kawan Pereira, Luana Lira e Ingrid Oliveira representarão o Brasil em Tóquio, o que faz do torneio na Itália faça parte do planejamento visando a capital japonesa. Está sendo usada para dar ritmo de competição. As disputas dos saltos ornamentais em Tóquio começam no dia 24 de julho e vão até 7 de agosto, com apenas um dia de pausa, em 29 de julho. Ingrid Oliveira e Kawan Pereira conquistaram a vaga por serem finalistas da Copa do Mundo, e Isaac Souza e Luana Lira por terem chegado na semifinal da mesma competição.

Mais em Tóquio 2020