Siga o OTD

Richard Carapaz ciclismo estrada

Laguna Olímpico

Ofurô Olímpico #1: confira o que você não viu na madrugada dos Jogos

Fatos, números, frases, curiosidades e o tudo mais que passou batido pelas madrugadas olímpicas de Tóquio-2020

O equatoriano Richard Carapaz comemora a inédita vitória de um latino-americano no ciclismo estrada olímpico (Twitter/UCI)

Ofurô Olímpico #1: confira o que você não viu na madrugada dos Jogos

Instalado diante da televisão, me senti como uma criança que é levada pelos pais a um parque de diversões neste dia #1 da Olimpíada de Tóquio-2020. São tantos canais, tantos sinais de competição disponíveis que periga descarregar a bateria do controle remoto. Além disso, é tanta informação sendo bombardeada pelas redes sociais, sites, grupos de whatsapp, que você fica em dúvida se já tinha visto aquela notícia ou não.

De hoje até o final dos Jogos, traremos por aqui uma espécie de “clipping” olímpico, com um pouco daquilo que pode ter passado batido por você em meio a esta maratona esportiva. Ótimo para dar aquela relaxada, como se você estivesse em um tradicional ofurô japonês.

Boa Olímpiada!


Primeiro WO por Covid

A Olimpíada viu em seu primeiro dia efetivo de competições o primeiro evento afetado de fato pela pandemia do coronavírus. Uma partida do torneio feminino de vôlei de praia não aconteceu por causa da Covid-19. A dupla da República Tcheca formada por Hermannova e Slukova não pode entrar em quadra, segundo a súmula oficial, por causa dos protocolos contra a Covid-19. Não foi informado se houve um caso positivo entre as atletas ou se estiveram próximas de alguém que pegou a doença. Com isso, a dupla japonesa Ishii/Murakami saiu com a vitória.

Balanço do dia do Coronavírus

O Comitê Organizador dos Jogos de Tóquio divulgou um novo balanço de casos positivos de Covid-19 ligado à Olimpíada. Só neste sábado (24), foram anunciados 17 casos, o segundo maior número desde que o levantamento começou a ser feito, a partir de 1º de julho. A grande maioria dos casos (14) são de pessoas que vivem no Japão e trabalham ligados aos  Jogos. Apenas um destes casos era de um atleta olímpico. No total, desde 1º de julho, são 123 casos de Covid-19 ligados à Olimpíada.

+ O blog está no Twitter. Clique e siga para acompanhar
+ Curta a página do blog no Facebook
+ O blog também está no Instagram. Siga

Medalhas rara e histórica

Um feito inédito marcou a prova de ciclismo estrada masculino neste sábado. Pela primeira vez, um ciclista da América Latina levou a medalha de ouro e a honra coube à Richard Carapaz, do Equador. Um feito raro também, Esta foi apenas a TERCEIRA medalha olímpica na história do esporte equatoriano. As outras duas foram conquistadas por um único atleta, Jefferson Perez, da marcha atlética 20 km, que foi medalha de ouro em Atlanta-1996 e prata em Pequim-2008.

A FRASE

“Mesmo no meio da guerra, precisamos fazer algo. Uma menina de 12 anos jogando contra alguém de 39 e fazendo 9 ou 10 pontos é uma conquista. Chegar aqui foi uma conquista. Não me pediram para vencer, pediram para jogar bem.”

Hend Zaza, mais jovem da Olimpíada de Tóquio e representante do tênis de mesa da Síria, que foi eliminada neste sábado dos Jogos ao ser derrotada pela austríaca Liu Jia, 27 anos mais velha do que ele.

Hend Zaza Tunísia
Hend Zaza (Reprodução)

O NÚMERO

2

É o número de medalhas de ouro conquistadas por Kosovo em duas Olimpíadas disputadas. A última delas foi no judô, neste sábado, com Distria Krasniqi, na categoria até 48 kg.

Clique no link e seja você também um apoiador do blog. Ajude a combater a monocultura esportiva no Brasil

Mais em Laguna Olímpico