Siga o OTD

seiko hashimoto

Laguna Olímpico

Chefe de Tóquio-2020 aposta em Olimpíada com presença de torcida

Para Seiko Hashimoto, outros eventos esportivos pelo mundo têm permitido a entrada de torcedores nos estádios, mas diz que haverá limitações

Seiko Hashimoto entende ser possível ter torcedores nas arquibancadas durante a Olimpíada de Tóquio (Divulgação/Tóquio 2020)

Chefe de Tóquio-2020 aposta em Olimpíada com presença de torcida

Um dos principais mistérios a respeito da realização da Olimpíada de Tóquio, prevista para começar em 23 de julho, começa a ser solucionado. De acordo com a nova presidente do comitê organizador dos Jogos, Seiko Hashimoto, os Jogos devem contar sim com a presença de torcedores nas arquibancadas. Mas não com liberação total.

Em entrevista ao jornal “Asahi Shimbum”, Hashimoto disse que não imagina ver Tóquio-2020 sem torcedores. “Quando se pensa na possibilidade de termos as Olimpíadas sem público nas arquibancadas, os atletas irão se perguntar por que não há torcida na Olimpíada ou Paralimpíada, quando outras competições estão permitindo espectadores”, explicou a dirigente.

+ O blog está no Twitter. Clique e siga para acompanhar
+ Curta a página do blog no Facebook
+ O blog também está no Instagram. Siga

Mas a recém-empossada chefe de Tóquio alerta que essa liberação de torcida durante os Jogos não seria sem levar em conta as medidas de segurança sanitária, por causa da pandemia do coronavírus. “A decisão final depende do controle de casos de Covid-19”, completou Hashimoto.

Isso só reforça uma ideia que circula há tempos dentro do comitê organizador, que seria permitir somente a entrada de público local, sem torcedores de outros países.

De qualquer maneira, o martelo será batido definitivamente a respeito de torcida em Tóquio-2020 até o final de março, quando COI (Comitê Olímpico Internacional) e comitê organizador deverão se reunir para discutir o tema.

Sempre é bom lembrar que a questão de ter ou não público nos Jogos carrega fatores econômicos importantes que poderão direcionar a decisão. Basta dizer que eventos esportivos no Japão, como jogos da J-League, do futebol, ou da liga de beisebol já estão recebendo torcedores.

Já foram vendidos 4,48 milhões de ingressos para a Olimpíada e 970 mil para os Jogos Paralímpicos. A receita estimada apenas com a arrecadação de bilheteria no evento é de US$ 857 milhões (R$ 4,7 bilhões).

Convenhamos, diante destes números, a decisão para permitir ou não a presença de público nas arenas olímpicas é bem complicada, para dizer o mínimo, do ponto de vista dos organizadores.

Clique no link e seja você também um apoiador do blog. Ajude a combater a monocultura esportiva no Brasil

Mais em Laguna Olímpico