Siga o OTD

Ginástica Artística

Acompanhe ao vivo as finais do Mundial do Japão

Caio Souza está em duas e Rebeca Andrade em três disputas por medalhas no campeonato do Japão

rebeca andrade ao vivo mundial de ginástica artística
Ricardo Bufolin/CBG

Ao vivo do Mundial de ginástica artística 2021

Finais por aparelho

Salto masculinoTraveBarras paralelasSolo femininoBarra fixaSolo masculinoSalto femininoCavalo com alçasBarras AssimétricasArgolas




Final do Individual geral masculino

Final do Individual geral feminino

+ Caio Souza vai para a final no individual geral e nas paralelas

+ Rebeca Andrade se garante em três finais no Mundial

QUALIFICAÇÃO

Individual geral femininoSalto femininoBarras AssimétricasTraveSolo femininoIndividual geral masculinoSolo masculinoCavalo com alçasArgolasSalto masculinoBarras paralelasBarra fixa









Os ginastas do Brasil que vão participar do Mundial de Ginástica Artística de Kitakyushu, que teve início o às 21h45 de domingo, tentarão ampliar a expressiva série de conquistas do país no evento. Desde 2001, a Ginástica do Brasil já subiu por 14 vezes ao pódio.

Os atletas já tiveram contato com os aparelhos do ginásio de competição, o Kitakyushu City Gimnasium, nos treinamentos de pódio, em que treinadores e atletas costumam fazer os últimos ajustes prévios à disputa do Mundial de ginástica artística. O treinamento de pódio de Rebeca foi realizado na noite de sexta-feira para sábado, pelo horário brasileiro, e o dos ginastas que representarão o País, na noite de sábado para domingo.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Além de Rebeca Andrade, que vai se envolver nas disputas do salto sobre a mesa (aparelho em que é a atual campeã olímpica), paralelas assimétricas e trave, o Brasil contará com o atual campeão mundial na barra fixa, Arthur Nory, e com Caio Souza, que compete no individual geral do Mundial de ginástica artística

Caio Souza, que foi finalista olímpico no individual geral e no salto nos Jogos de Tóquio, tenta se manter entre os 24 melhores do mundo. Na recente disputa do Campeonato Brasileiro, em Aracaju, o ginasta de Volta Redonda fez uma belíssima apresentação nas argolas, que lhe daria a sexta colocação na fase de classificação olímpica, com a nota 14.850, atrás justamente de Arthur Zanetti, que obteve 14.900. Caio concluiu sua série com um triplo mortal, justamente o movimento que Zanetti arriscou na final olímpica.

Nory, segundo Goto, também trabalhou firme em Kitakyushu. O ginasta de Campinas tentará alcançar novamente a final na barra fixa no Mundial de ginástica artística. “Ele está focado aqui no Mundial, treinando muito bem. Ginástica é momento. É acertar a série e passar para a final. O foco agora é a classificatória. Na final, teremos os oito mais bem classificados e que vença o melhor”.

O treinador fez questão de destacar todo o suporte recebido pelos integrantes da comissão técnica e equipe transdisciplinar. “A comissão técnica e médica estão contribuindo de forma notável para que nossos ginastas se encontrem na competição na melhor condição técnica possível, de forma a performarem bem”.

Entre os brasileiros, Rebeca Andrade será a primeira a se apresentar no Mundial de ginástica artística na segunda-feira (19), a partir das 23h15. Caio e Arthur Nory entram em ação no dia seguinte, a partir das 21h20.

CONQUISTAS DO BRASIL EM MUNDIAIS DE GINÁSTICA ARTÍSTICA

2001

Daniele Hypólito – Prata – Solo – Ghent (BEL)

2003

Daiane dos Santos – Ouro – Solo – Anaheim (EUA)

2005

Diego Hypólito – Ouro – Solo – Melbourne (AUS)

2006

Diego Hypólito – Prata – Solo – Aarhus (DIN)

2007

Diego Hypólito – Ouro – Solo – Stuttgart (ALE)

Jade Barbosa – Bronze – Individual Geral – Stuttgart (ALE)

2010

Jade Barbosa – Bronze – Salto – Roterdã (HOL)

2011

Arthur Zanetti – Prata – Argolas – Tóquio (JAP)

Diego Hypólito – Bronze – Solo – Tóquio (JAP)

2013

Arthur Zanetti – Ouro – Argolas – Antuérpia (BEL)

2014

Arthur Zanetti – Prata – Argolas – Nanning (CHN)

Diego Hypólito – Bronze – Solo – Nanning (CHN)

2018

Arthur Zanetti – Prata – Argolas – Doha (QAT)/2018

2019

Arthur Nory – Ouro – Barra Fixa – Stuttgart (ALE)

Mais em Ginástica Artística