Siga o OTD

Ginástica Artística

Caio Souza vai para a final no individual geral e nas paralelas do Mundial

Brasileiro foi o 17º melhor nas classificatórias envolvendo os seis aparelhos e ficou com a oitava e última vaga nas barras. No feminino, Rebeca Andrade já havia se garantido em três finais por aparelhos

Caio Souza Ginástica Artística Jogos Olímpicos Olimpíada Tóquio 2020 Mundial de Ginástica Artística
(Gaspar Nobrega/COB/arquivo)

O brasileiro Caio Souza passou para as finais do individual geral e das barras paralelas do Mundial de Ginástica Artística que está sendo disputado em Kitakyushu, no Japão. Ele fechou as qualificatórias, encerradas nesta quarta-feira (20), nas 17ª e 9º colocações, respecticamente. No total, 24 avançaram para a disputa das medalhas no individual geral e oito nas barras paralelas. Caio também tentou passar nas argolas e no salto, mas ficou de fora nas duas.

Após os seis aparelhos do individual geral, Caio Souza somou 80.598 pontos. Marcou 13.666 no solo, mais 10.233 no cavalo, 14.033 nas argolas, 14.666 no salto, nas barras paralelas foram 14.800 e 13.200 na barra. O melhor foi o japonês atual campeão olímpico Hashimoto Daiki com 88.040. Zhang Boheng, da China, veio em segundo com 87.897 e, em terceiro, ficou o turco Adem Asil registrando 84.430. O 24º e último classificado foi o belga Noah Kuavita com 77.632.

Nas paralelas, Caio terminou a classificatória na nona colocação somando 14.800 pontos. Ele ficou entre os oito finalistas, pois três chineses acabaram à frente e somente dois por país podem avançar. Sendo assim, o brasileiro herdou a última vaga. Nas argolas ele ficou em 14º com 14.033 contra 14.666 do italiano Salvatore Maresca, o oitavo e último atleta que avançou para a disputa de medalhas. No salto, Caio Souza foi o 20º com 14.083 e o canadense William Emard fechou em oitavo lugar somando 15.533.

Rebeca em três finais

Outros dois brasileiros foram para o Japão disputar o Mundial de Ginástica Artística. Rebeca Andrade conseguiu vaga nas finais dos três aparelhos em que compete: salto, no qual é a atual campeã olímpica, barras paralelas e trave. Ela não disputou no solo e, portanto, também não está no individual geral, onde foi medalhista de prata em Tóquio-2020. Artur Nory representou o Brasil apenas na barra fixa e não conseguiu seguir para a final do aparelho.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

A decisão do individual geral masculino será na manhã de sexta-feira (22), a partir das 6h. No feminino, as primeiras finais por aparelhos serão no salto e nas barras paralelas, a primeira às 4h45 e a outra às 6h25, ambas no sábado (23). A da trave começa às 5h de domingo (24). A das barras paralelas masculina começam às 6h do mesmo domingo. Os horários são todos de Brasília. Acompanhe ao vivo aqui pelo OTD!

Mais em Ginástica Artística

viagra