Siga o OTD

COB

Hall da Fama do COB elege sete novos nomes para 2022

Melânia Luz, Manoel dos Santos, Marcelo Ferreira, Ricardo Prado, Renan Dal Zotto, Walter Carmona e Yane Marques foram os escolhidos para serem homanageados este ano

Melânia Luz atletismo Hall da Fama do COB homenageados 2022
Melânia Luz, a primeira mulher negra a integrar uma delegação brasileira em Jogos (acervo SPFC)

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou a inclusão de sete nomes homenageados no Hall da Fama em 2022. Foram confirmados Melânia Luz, do atletismo, três vezes medalhista sul-americana e primeira mulher negra a integrar a delegação brasileira em Jogos Olímpicos, em Londres 1948; Manoel dos Santos, da natação e bronze nos Jogos de Roma 1960; Marcelo Ferreira velejador bicampeão olímpico, em Atlanta 1996 e Atenas 2004, e bronze em Sydney 2000; Ricardo Prado vice-campeão em Moscou 1980 na natação; Renan Dal Zotto, vice-campeão no vôlei em Los Angeles 1984; o judoca Walter Carmona, bronze em Los Angeles 1984; e Yane Marquês, do pentatlo moderno, bronze em Londres 2012.

A inclusão dos nomes foi definida em reunião da Comissão Avaliadora realizada na quarta-feira (29) e os homenageados de 2022 foram anunciados na quinta-feira (30). Os sete eleitos se juntam às 28 personalidades do esporte que já fazem parte do Hall da Fama do COB. Os novos membros serão homenageados em eventos e, em cerimônias especiais, deixarão seus pés ou mãos eternizadas em moldes a serem exibidos em uma futura exposição no Centro de Treinamento do comitê. No caso de Melânia Luz, já falecida, um familiar receberá a homenagem.

Melânia Luz atletismo Hall da Fama do COB homenageados 2022
(COB)

Gratidão eterna

“São pessoas que inspiraram gerações de atletas, que marcaram a história do esporte no país”, disse o Presidente do COB, Paulo Wanderley sobre os integrantes de 2022. Rogério Sampaio, judoca campeão olímpico e também integrante do Hall da Fama, acrescentou que “algumas dessas estrelas que entram agora para o Hall da Fama do COB não tinham a mínima estrutura para treinar, o mínimo incentivo. O que temos hoje se deve muito aos atletas do passado, às suas conquistas, eles foram verdadeiros desbravadores. Pessoas que se dedicaram plenamente ao esporte. E a eles agradecemos sempre.”

Vida e obra

A vida e a obra desses heróis do esporte olímpico serão o tema de páginas do Hall da Fama digital no site do COB. Biografia completa, vídeos, fotos, páginas de jornal com seus feitos e um espaço para que os fãs do esporte deixem recado estarão disponíveis para o grande público. A área virtual já conta com o perfil de 23 integrantes. São eles: Fofão (vôlei), Adhemar Ferreira (atletismo), Paula (basquete), Sebastián Cuattrin (canoagem), Tetsuo Okamoto (natação), Bernardinho (vôlei), Chiaki Ishii (judô), Guilherme Paraense (tiro esportivo), Hortência (basquete), Jackie Silva (vôlei de praia), Joaquim Cruz (atletismo), João do Pulo (atletismo), Maria Lenk (natação), Sandra Pires (vôlei de praia), Sylvio Padilha (atletismo), Torben Grael (vela), Vanderlei Cordeiro (atletismo), Zé Roberto Guimarães (vôlei) Aída dos Santos (atletismo), Bernard Rajzman (vôlei), Servílio de Oliveira (boxe), Aurélio Miguel (judô) e Wlamir Marques (basquete).

Em maio de 2022, o COB lançou uma série de vídeos especiais com entrevistas exclusivas. Servílio de Oliveira (boxe), Aurélio Miguel (judô) e Fofão (vôlei) foram os primeiros membros a contarem sobre seus feitos olímpicos, mostrarem medalhas e itens de acervo pessoal relacionados a suas conquistas.

Aurélio Miguel, Fofão e Servílio de Oliveira foram eternizados no Hall da Fama do COB no Congresso Olímpico Brasileiro
Servílio de Oliveira (verde), Fofão e Aurélio Miguel com as placas do Hall da Fama do COB (COB)

Partenon brasileiro

O Hall da Fama do COB foi lançado em 2018. Os primeiros homenageados foram Torben Grael (vela), a dupla Sandra Pires e Jackie Silva (vôlei de praia) e Vanderlei Cordeiro de Lima (atletismo). Em 2019, foi a vez de Maria Lenk (natação), Guilherme Paraense (tiro esportivo), João do Pulo e Sylvio de Magalhães Padilha (ambos do atletismo), Chiaki Ishii (judô), Paula (basquete), Hortência (basquete), Joaquim Cruz (atletismo) e os treinadores de vôlei Bernardinho e Zé Roberto Guimarães.

+ Após frustração, Pâmela Rosa inicia nova corrida olímpica

Em 2020, foram escolhidos Adhemar Ferreira da Silva (atletismo); Aída dos Santos (atletismo); Aurélio Miguel (judô); Bernard Rajzman (vôlei); Reinaldo Conrad (vela); Sebastián Cuattrin (canoagem velocidade); Tetsuo Okamoto (natação); Wlamir Marques (basquete); além dos treinadores Nelson Pessoa (hipismo saltos) e Mário Jorge Lobo Zagallo (futebol). Já em 2021 foi a vez de Gustavo Borges (natação), Hélia Pinto “Fofão” (vôlei), Servílio de Oliveira (boxe) e Rogério Sampaio (judô).

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em COB