Siga o OTD

Tóquio 2020

Coronavírus faz Federação Internacional suspender 6 torneios

Competições suspensas afetam diretamente a corrida olímpica; melhor atleta do Brasil na modalidade, Ygor Coelho diz “não saber o que vai acontecer”

crédito: reprodução Instagram

Coronavírus faz Federação Internacional suspender 6 torneios

A Federação Internacional de Badminton (BWF) anunciou na tarde desta sexta-feira (13) a suspensão de todos os torneios que ocorreriam entre os dias 16 de março e 12 de abril de 2020 em virtude da pandemia de coronavírus.

Seis torneios de grande importância no calendário foram afetados com a decisão: os Abertos da Suíça, Índia, Malásia e Singapura e o Masters de Orléans, além de outros torneios menores organizados pela BWF.

O adiamento dessas competições pelo coronavírus afeta diretamente o processo de classificação dos atletas para os Jogos Olímpicos de Tóquio. A BWF afirmou que anunciará mais para frente regras para a classificação olímpica.

+ Veja mais notícias sobre o coronavírus

Melhor atleta brasileiro da modalidade, Ygor Coelho teria participação garantida em alguns desses torneios. Em entrevista exclusiva ao Olimpíada Todo Dia, o atleta explicou em quais atuaria e como está se sentindo após a decisão da BWF.

+INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

“Eu ia jogar o Aberto da Suíça e do Canadá, o Masters de Orléans e também o Pan-Americano. Só vou jogar na Guatemala agora. Não sei ao certo o que vai acontecer. Mas uma coisa eu sei: estou bem, bem, bem [risos]. Pra mim não tem perigo, mas a gente nunca sabe o que pode acontecer, vai que a BWF muda tudo. Não sei,” declarou.

O badminton é mais uma modalidade olímpica afetada pela pandemia de COVID-19 nesta sexta-feira. No vôlei, a Liga das Nações foi adiada para depois das Olimpíadas. A Federação Internacional de Ginástica cancelou a Etapa de Baku enquanto ela ainda ocorria e a Federação de tênis de mesa optou por não realizar nenhum torneio até o final de abril.

A tradicional cerimônia da tocha olímpica também foi cancelada na Grécia para evitar grandes aglomerações.

Mais em Tóquio 2020