Siga o OTD

Thiago Braz e Augusto Dutra

Tóquio 2020

Atletismo brasileiro terá galeria permanente no eMuseu do Esporte

Às vésperas de mais uma edição dos Jogos Olímpicos, heróis do atletismo brasileiro ganharão merecido destaque em Galeria 3D

(Wagner Carmo/CBAt)

Atletismo brasileiro terá galeria permanente no eMuseu do Esporte

O atletismo brasileiro terá galeria permanente no eMuseu do Esporte a partir de agosto. A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e o eMuseu assinaram parceria para a criação da galeria que trará os principais personagens do esporte número 1 do programa olímpico, que existe desde a Antiguidade e a primeira edição dos Jogos da Era Moderna, em 1896.

Esta será a décima galeria fixa do eMuseu, que tem como objetivo celebrar a memória do esporte e seu legado em um formato inovador e colaborativo. O patrocínio do projeto é da Enel Distribuição Rio, em conjunto com a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Rio, por meio da Lei de Incentivo do Esporte, do Governo Estadual.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

A curadoria desta exposição do atletismo será de Martinho Nobre dos Santos. Serão expostos acervos das grandes conquistas do atletismo brasileiro, sua história e a trajetória de seus grandes atletas, dentre eles os campeões olímpicos Adhemar Ferreira da Silva, Joaquim Cruz, Maurren Higa Maggi e Thiago Braz da Silva e os campeões mundiais Fabiana Murer e Mauro Vinícius da Silva, o Duda.

Atletismo brasileiro nos Jogos Olímpicos

O atletismo brasileiro tem 17 medalhas (5 de ouro, 3 de prata e 9 de bronze) ganhas em Olimpíadas. Um total de 34 medalhas foram conquistadas em Olimpíadas e em Mundiais ao ar livre e indoor adultos.

-‘Foi a cabeça’, diz Maria Suelen, a chave para lavar a alma em cima da Ortiz

Os amantes do esporte poderão conhecer como a hegemonia do Brasil na América do Sul foi construída por meio das conquistas em campeonatos de área e também a atuação de atletas brasileiros em Jogos Pan-Americanos.

– A galeria da Confederação Brasileira de Atletismo marca o início dos lançamentos do eMuseu em 2021. Para nós, é uma grande honra contar com a parceria e com o acervo de uma confederação tão renomada. Temos muito orgulho de ter agora a CBAT ao lado das demais entidades que possuem galerias no eMuseu”, afirma a Professora Dra. Bianca Gama Pena, idealizadora do eMuseu do Esporte com o Professor Dr. Lamartine Da Costa (UERJ).

RECEBA NOTÍCIAS NO TELEGRAM OU PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DO WHATSAPP

“Para a CBAt é uma honra, uma alegria imensa estarmos no eMuseu. O atletismo brasileiro tem uma história vitoriosa, com mais de 20% das medalhas olímpicas do país. Poder levar um pouco dessa história para a tela de um computador, de um tablet, de um smartphone é algo fantástico. Essa interatividade e a utilização da tecnologia para a preservação da história, da memória é uma ferramenta fantástica. A história do atletismo nacional é a bússola que nos guia para o futuro”, ressalta Wlamir Motta Campos, presidente do Conselho de Administração da CBAt.

Mais em Tóquio 2020