Siga o OTD

Vôlei de Praia

Já classificadas, Ágatha e Duda fecham a fase de grupos do Finals com vitória

Ágatha e Duda bateram Keizer/Meppelink por 2 sets a 0 e avançaram na 2ª posição do grupo; adversárias das quartas são alemãs

Ágatha e Duda - Finals de Vôlei de Praia
(Divulgação/FIVB)

Chegou o momento decisivo do World Tour Finals de vôlei de praia de 2021. Nesta sexta-feira (8), as representantes brasileiras, Ágatha e Duda, do Time Dux Nutrition, voltaram à quadra pela segunda vez no dia para encarar as holandesas Sanne Keizer e Madelein Meppelink pelo quarto e último jogo da fase de grupos da competição em Cagliari, na Itália. Jogando muito bem, a dupla venceu por 2 sets a 0, com parciais de 21/19 e 21/16.

Com isso, Ágatha/Duda terminam a fase de grupos com três vitórias e uma derrota e sete pontos somados, na 2ª colocação do grupo B, vencido por Melissa e Pavan, do Canadá, com quatro triunfos e nenhum revés.

Pelo regulamento do torneio, as primeiras colocadas de cada grupo vão direto à semifinal, enquanto as segundas e terceiras disputam as quartas de final. Com isso, as brasileiras enfrentarão as alemãs Borge e Sude, que terminaram em 3º no grupo A.

O jogo

O jogo começou igual, com as equipes trocando pontos. Um ace de Duda deu a vantagem mínima a dupla brasileira. Um bloqueio e um contra-ataque bem executado fizeram Keizer/Meppelink tomarem a dianteira, mas um ace de Ágatha mais tarde levou a parceria do Brasil a ir ao intervalo técnico vencendo por 11 a 10.

Na segunda metade da parcial, a igualdade permaneceu até 14 a 14, quando dois bons saques de Meppelink fizeram as holandesas abrir 16 a 14. Após um pedido de tempo, as brasileiras voltaram a empatar. Um bloqueio crucial de Ágatha deu a liderança novamente: 18-17. Trocando pontos, o Brasil chegou ao set point e Duda mandou um foguete na linha para fechar a parcial em 21 a 19.

O segundo set começou com as equipes trocando pontos. Uma sequência de três bons saques fez o Brasil abrir 8 a 5. Pouco depois, Duda ampliou a vantagem após contra-ataque bem executado e a dupla foi ao intervalo técnico vencendo por 12 a 9. A parte final do set seguiu com a vantagem de quatro pontos até o 20º ponto das brasileiras, que chegaram ao match point e fecharam em 21 a 16.

A campanha até aqui

Depois de estrear com derrota para as canadenses Pavan e Melissa, atuais campeãs mundiais, Ágatha e Duda recuperaram e venceram as suíças Vergé-Depré e Heidrich, medalhistas de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no tie-break. Na sequência, ainda nesta sexta, as brasileiras conseguiram uma virada heróica sobre Sponcil/Claes, vencendo a segunda de três partidas.

Com a vitória mais cedo sobre as americanas, as brasileiras somaram cinco pontos no Grupo B e já garantiram a classificação. Isso porque Vergé-Depré e Heidrich perderam o último jogo da fase de grupos, terminando também com cinco pontos. Assim, mesmo que as brasileiras perdessem para as holandesas na parte da tarde, elas iriam a seis pontos, deixando as suíças para trás.

O torneio

O Finals de vôlei de praia acontece desde 2015, e este ano chega à sexta edição. As 10 melhores duplas de cada gênero do ranking disputam uma premiação de, aproximadamente, 4,3 milhões de reais. Ágatha e Duda são as lídera do ranking mundial e somam três medalhas em três participações na competição: um ouro e duas pratas.

Além disso, na história do World Tour Finals, o Brasil tem 12 medalhas. Na primeira edição, em 2015 em Fort Lauderdale (EUA), foram quatro medalhas ouro com Alison/Bruno Schmidt e Larissa/Talita, e o bronze de Pedro Solberg/Evandro e Ágatha/Bárbara Seixas.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Toronto recebeu a competição em 2016 com ouro para Alison/Bruno Schmidt e prata para Pedro Solberg/Evandro. Em 2017 o evento aconteceu em Hamburgo (ALE). Evandro/André ficou com a prata no masculino, mesmo resultado de Ágatha/Duda no feminino, que ainda teve o terceiro lugar de Larissa/Talita.

Por fim, a cidade alemã recebeu novamente o Finals em 2018 que contou com o título de Ágatha e Duda. A edição mais recente foi em 2019, em Roma (ITA). O Brasil subiu ao pódio feminino com Ágatha e Duda, em segundo, e Ana Patrícia e Rebecca em terceiro.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Vôlei de Praia