Siga o OTD

Ágatha/Duda e Alison/Álvaro Filho

Vôlei de Praia

Ágatha/Duda e Alison/Álvaro Filho estão nas quartas de final da etapa do México

No feminino, dupla supera compatriotas para se garantir entre as oito melhores. No masculino, brasileiros salvam seis pontos do jogo para seguirem vivos no México

FIVB

Ágatha/Duda e Alison/Álvaro Filho estão nas quartas de final da etapa do México

Em mais um dia de jogos pelas oitavas de final da etapa de Cancún do Circuito Mundial de vôlei de praia, o Brasil garantiu uma dupla entre as oito melhores. No feminino, Ágatha/Duda, do time Nissan, superou a repescagem e as compatriotas Talita e Taiana para se classificarem para as quartas de final, que acontecem neste sábado (1). Já no masculino, a dupla Alison/Álvaro Filho salvou seis match points no jogo para se garantirem entre os oito melhores.

Na disputa de oitavas de final totalmente do Brasil, Talita/Taiana, que se garantiu nas oitavas de final de maneira direta, tiveram Ágatha/Duda, dupla que estará nos Jogos Olímpicos de Tóquio e que abriu o dia com vitória na repescagem contra as alemãs Behrens e Ittlinger. No confronto, como era de se esperar, as jogadoras fizeram um confronto igual. Em um primeiro momento, Ágatha e Duda estiveram na primeira parcial e chegaram a abrir uma vantagem, mas o empate veio na sequência.

Após o tempo técnico, as representantes do Brasil na Olimpíada de Tóquio aproveitaram de alguns erros, cresceram no sistema defensivo e abriram vantagem. Com isso, na reta final, bastou manter a virada de bola para vencer o primeiro set por 21/16.

Agatha e Duda
FIVB

Na segunda parcial, Ágatha e Duda abriram vantagem logo no primeiro terço dos pontos e passaram a jogar de maneira mais solta, em relação a parcial anterior. Precisando da virada para seguirem vivas na etapa de Cancún, Talita e Taiana acabaram aumentando o número de erros e o jogo acabou com um 21/15 e 2 sets a 0 para Ágatha/Duda.

Agora, Ágatha e Duda enfrentam as holandesas Van Iersel e Ypma neste sábado (1), por um dos lugares na semifinal da etapa de Cacún. A partida está programada para começar às 14h, pelo horário de Brasília.

Oitavas de final da chave masculina

Entre os homens, duas duplas do Brasil buscaram se classificar para as quartas de final da etapa de Cancún. Após duas vitórias no primeiro dia da chave principal, Alison e Álvaro Filho tiveram os holandeses Brouwer e Meeuwsen, que foram bronze nos Jogos Olímpicos de 2016, como oponentes. No confronto, após um início equilibrado, a dupla da Holanda levou a melhor no primeiro set e saiu com a vitória por 21/16.

Na segunda parcial, errando menos, o equilíbrio apareceu do começo ao fim, com cada uma das duplas tendo o momento ao seu favor no decorrer dos pontos. Na hora da definição, os brasileiros salvaram um match point e na primeira oportunidade que tiveram conseguiram a vitória por 22/20 em um ataque de Álvaro Filho, forçando o tie break.

Alison e Álvaro Filho 1
FIVB

No tie break, a partida seguia equilibrada até o terço final, quando os holandeses cresceram. Com uma sequência de três bloqueios, Brouwer e Meeuwsen abriram vantagem e tiveram três match points. Neste momento, Alison e Álvaro Filho cresceram e conseguiram a igualdade, em 14 a 14, forçando o vai a dois.

Nesta hora, mais uma vez os brasileiros tiveram contra a parede e voltaram a salvar match points. Quando conseguiram a vantagem, com 19 a 18, os atletas do Brasil pontuaram em um bloqueio de Alison e fecharam a partida em 2 a 1.

+Ágatha e Duda chegam a 300 vitórias da dupla com ouro da etapa #2 de Cancún

Já André e George fizeram um caminho completamente oposto. Depois de perderem a primeira partida da etapa do México, os brasileiros entraram em quadra em três oportunidades nesta sexta-feira (30). No duelo de abertura do dia, a dupla do Brasil superou Abbiati e Andreatta, da Itália, por 2 sets a 1, e se garantiu na repescagem.

Em seguida, André/George teve pela frente os canadenses Pedlow e Schachter e a vitória por 2 sets a 0 garantiu a dupla brasileira nas oitavas de final, contra os americanos Lucena e Dalhausser. Na partida, o equilíbrio foi a grande marca e a vitória acabou ficando com o lado dos Estados Unidos por 2 sets a 0, com parciais de 22/20 e 21/18, eliminando os representantes do Brasil da competição.

Eliminados antes das oitavas

Além de Talita e Taiana, que caíram nas oitavas de final da chave feminina, o Brasil também teve a eliminação de Guto e Arthur Mariano. Após começarem a sexta-feira vencendo os franceses Aye e Gauthier-Rat por sets a 0 e se garantirem na repescagem masculina, os jogadores do Brasil foram eliminados. Na disputa por uma das vagas no mata mata, a dupla teve pela frente os halandeses Brouwer e Meeuwsen e foram superados em sets diretos, dando adeus a etapa de Cancún.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Depois de terminarem o primeiro dia da chave principal no México com uma derrota, Pedro Solberg e Arthur Lanci tiveram problemas. Nesta sexta-feira (30), os brasileiros enfrentaram Heidrich e Gerson, da Suíça, e acabaram sendo superados por 2 sets a 0, com parciais de 29/27 e 21/18. Com duas derrotas em dois jogos, Pedro e Arthur deram adeus para a competição em Cacún.

Mais em Vôlei de Praia