Siga o OTD

Tifanny Sesi Bauru Coronavírus e Osasco e Curitiba também afetados

Vôlei

Tifanny vira desfalque do Sesi Bauru por estar com coronavírus

Ponteira não enfrentará o Sesc RJ Flamengo pela Copa Brasil. Osasco e Curitiba também sofrem com vários casos positivos

Tifanny é o 17º caso de coronavírus no elenco do Sesi Bauru (Marcelo Ferrazoli/SESI-SP)

Tifanny vira desfalque do Sesi Bauru por estar com coronavírus

O Sesi Bauru terá um desfalque para o jogo com o Sesc Flamengo pela Copa Brasil de 2021. O clube informou nesta terça-feira (19) que a ponteira Tifanny está com coronavírus. O time bauruense é um dos que mais foi afetado até agora no retorno da modalidade, com 17 casos, somando atletas e comissão técnica. A situação mais grave foi a do técnico Rubinho, que chegou a ficar internado por oito dias. Osasco e Curitiba também sofrem com a doença.

+ Favoritos, Taubaté e Campinas vencem rivais em sets diretos

“Exames realizados pelo Sesi Vôlei Bauru constataram que a ponteira Tifanny está contaminada com o coronavírus. A atleta passa bem, não apresenta sintomas da Covid-19 e já iniciou quarentena preventiva de 10 dias, conforme estabelece o protocolo da CBV (Confederação Brasileira de Voleibol) para casos confirmados de coronavírus”, relatou o clube em nota.  

Osasco e Curitiba também afetados

Além do Sesi Bauru, a pandemia do coronavírus continua implacável com as equipes de vôlei. Na segunda-feira (18), o Osasco/São Cristóvão Saúde e o Curitiba Vôlei informaram novos casos de Covid-19 e, por isso, o jogo entre ambos pelas quartas de final da Copa Brasil, que seria nesta terça, foi adiado para o dia 2 de fevereiro. Essa não é a primeira vez que a doença afeta os dois clubes.

+ Campinas supera o Sesi-SP e vence a 8ª seguida na temporada

No Osasco, a lista de diagnosticadas com o coronavírus inclui a ponteira Jaqueline, a líbero Camila Brait e as centrais Mayany e Karyna. Além delas, o técnico Luizomar e mais três membros da comissão técnica também estão infectados. Já no Curitiba, de acordo com a Rádio Banda B, cinco jogadoras e um integrante do corpo técnico testaram positivo para a doença.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Mais em Vôlei