Siga o OTD

O vôlei do Brasil contou com 21 representantes nesta quarta-feira (9) por competições continentais e nacionais na Europa. Na Champions League, principal torneio, o Lube Civitanova, de Leal, ganhou seu segundo jogo. Já o Berlin Volleys, de Éder Carbonera, e o Dínamo Moscou, de Natália, foram derrotados. Nos campeonatos nacionais vários brasileiros entraram em quadra, mas os destaques foram os triunfos do Trentino, de Lucarelli, na Itália, e do Vakifbank, de Gabi, na Turquia

Vôlei

Leal ganha pela Champions de time francês com trio brasileiro

Ainda no principal torneio europeu, Natália e Éder Carbonera perderam. Já nos nacionais, Lucarelli e Gabi venceram, respectivamente, na Itália e Turquia

Leal ajudou o Civitanova em vitória pela Champions League (CEV/Divulgação)

Leal ganha pela Champions de time francês com trio brasileiro

O vôlei do Brasil contou com 21 representantes nesta quarta-feira (9) por competições continentais e nacionais na Europa. Na Champions League, principal torneio do continente, o Lube Civitanova, de Leal, ganhou seu segundo jogo. Já o Berlin Volleys, de Éder Carbonera, e o Dínamo Moscou, de Natália, foram derrotados. Nos campeonatos nacionais vários brasileiros entraram em quadra, mas os destaques foram os triunfos do Itas Trentino, de Lucarelli, na Itália, e do Vakifbank, de Gabi, na Turquia.  

Champions League

Quatro clubes com brasileiros em seus elencos jogaram pela Champions League de vôlei. No masculino, o Civitanova, da Itália e do ponteiro Leal, derrotou o Tours, da França e dos compatriotas Leandro Aracajú e Petrus, centrais, e Pablo Nathan, ponteiro.  Em jogo válido pelo Grupo B, com as três primeiras rodadas sediadas no ginásio do clube francês, a equipe italiana ganhou por 3 sets a 0, parciais de 25/21, 25/23 e 25/23, em 1h27min.

Os brasileiros Leandro Aracaju, Petrus, Leal e Pablo Nathan com o cubano Símon (CEV/Divulgação)
Os brasileiros Leandro Aracaju, Petrus, Leal e Pablo Nathan com o cubano Símon (CEV/Divulgação)

Leal anotou 11 pontos, sendo dez em movimentos de ataque e um de saque. Já os centrais Leandro Aracajú e Petrus fizeram, respectivamente, dez e sete. O primeiro marcou seis em ações ofensivas, três de bloqueio e um ace. Já o segundo anotou seis atacando e um com o paredão. O Civitanova ganhou a segunda em quadra e a terceira no total, já que o Arkas, da Turquia, não está participando destas rodadas em Tours devido à restrições do coronavírus.

+ Kimberlly resolve e Pinheiros vence Brasília de virada

O cubano naturalizado brasileiro e seus companheiros do Civitanova lideram o Grupo B da Champions League de vôlei com nove pontos. O Tours é o terceiro, com três, mesma pontuação do Perugia, segundo colocado. Os dois times duelam nesta quinta-feira (10), às 16h30 (horário de Brasília). No Grupo C, o Berlin Volleys, da Alemanha e de Éder Carbonera, foi superado pelo Zenit Kazan, da Rússia, por 3 a 0, sets de 25/21, 25/19 e 25/18, em 1h06min.

Brasileiros derrotados no principal torneio europeu

Natália foi derrotado com o Dínamo Moscou (CEV/Divulgação)
Natália foi derrotado com o Dínamo Moscou (CEV/Divulgação)

No revés diante do time russo, o central Éder Carbonera fez apenas dois pontos, ambos em movimentos de ataque. Os outros dois brasileiros do time, Davy Moraes e Renan Michelucci, foram relacionados e discretos. O Berlin Volleys já fez suas três partidas pelo Grupo C da Champions League de vôlei com sede na Alemanha. O time ocupa a segunda posição, com seis pontos, em duas vitórias e uma derrota.

+ Minas bate Blumenau e chega a 4ª vitória seguida na Superliga

No feminino, o Dínamo Moscou, da Rússia e da ponteira Natália, perdeu do MTV Stuttgart em cinco sets, parciais de 29/27, 13/25, 22/25, 25/14 e 15/11. O time da brasileira, que está no Grupo D da Champions League de vôlei, figura em terceiro, com três pontos, mesma pontuação do rival que o derrotou na segunda rodada, dois a menos que o líder Eczacibasi VitrA, da Turquia, e dois a mais que o lanterna Lokomotiv Kaliningrado, da Rússia.

+ Sesi Bauru pede à CBV para adiar o jogo com Praia Clube

Apesar da derrota, Natália foi a maior pontuadora do Dínamo Moscou, com 19 acertos. A brasileira marcou 17 em ações ofensivas, um de bloqueio e um de saque. Nesta quinta (10), a equipe russa encara o primeiro colocado Eczacibasi VitrA, do técnico brasileiro Marco Aurélio Motta, às 14h (horário de Brasília), em Istambul, sede das três primeiras rodada do Grupo D da Champions League de vôlei.

Challenge Cup

Para concluir o dia por torneios continentais, o Dínamo Bucareste, da Romênia e dos brasileiros Bruno Canuto, ponteiro, e Rodrigo Ribeiro, levantador, perdeu do Allianz Milano, da Itália e de Luan Weber, oposto, pela Challenge Cup, terceiro torneio em importância na Europa. O time italiano, atuando em casa, fez 3 a 0, parciais de 25/18, 25/22 e 25/19, em 1h11min. Bruno Canuto anotou seis pontos, todos atacando, Rodrigo Ribeiro fez um e foi de saque.

Lucarelli e Gabi ganham em suas ligas

Lucarelli ganhou pela Liga Italiana de vôlei masculino (Trabalza)
Lucarelli ganhou pela Liga Italiana de vôlei masculino (Trabalza)

O ponteiro Lucarelli foi decisivo na vitória do Itas Trentino, em casa, contra o Leo Shoes Modena pela Liga Italiana de vôlei masculino. Com 15 pontos, o jogador brasileiro foi o maior pontuador da sua equipe. Ele marcou 13 em ações de ataque, um de bloqueio e um de saque no triunfo por 3 sets a 0, parciais de 26/24, 25/22 e 25/20, em 1h29min. A equipe de Trento está na oitava posição, com 15 pontos.

+ Gabiru brilha e Bernardinho leva a melhor sobre Zé Roberto

Na Turquia, a ponteira Gabi também foi determinante para o êxito do Vakifbank contra o Sariyer, em sets diretos, séries de 25/16, 25/18 e 25/16, em partida da Liga Turca de vôlei feminino. A brasileira foi a atleta em quadra que mais colocou bolas no chão, com 17 acertos. Ela fez 16 em movimentos ofensivos e um ace. Com 20 jogos e 19 vitórias, o time do técnico Giovanni Guidetti lidera a competição, com 57 pontos.

Gabi se destacou na vitória do Vakifbank pela Liga Turca de vôlei feminino (Facebook/VakifBankSK)
Gabi se destacou na vitória do Vakifbank pela Liga Turca de vôlei feminino (Facebook/VakifBankSK)

Eslováquia, Alemanha e Espanha

Além dos jogadores da seleção, outros brasileiros estiveram em ação. Na Eslováquia, o Slavia Bratislava, de Bruna Caixeta e Raquel Löff, bateu o Projekt RD SVF, por 3 a 0: 25/19, 25/18 e 25/11. A primeira, levantadora, anotou dois pontos, um de bloqueio e o outro de saque. Já a segunda, central, foi a maior pontuadora do jogo, com 13, sendo sete em ações de ataque, quatro com o paredão e dois aces. O time delas lidera a Liga Eslovaca de vôlei feminino de forma invicta, com 14 triunfos e 41 pontos.

Raquel Löff, camisa 9, foi a maior pontuadora da vitória do seu time (Facebook/slaviaeuba)
Raquel Löff, camisa 9, foi a maior pontuadora da vitória do seu time (Facebook/slaviaeuba)

Na Bundesliga de vôlei feminino, Helô Lacerda, do Münster, ganhou em casa do Aachen, por 3 a 1, sets de 25/20, 25/23, 20/25 e 26/24. A oposto brasileira registrou só três pontos, sendo dois em movimentos ofensivos e um ace. Com sete pontos, o time dela ocupa a nona colocação da competição.

+ Taubaté vence Caramuru pela 9ª rodada e segue líder e 100%

Por fim, na Liga Espanhola de vôlei masculino, o Textil Santanderina, dos brasileiros, Felipe de Mello e Lucas Bermudez (1 ponto), levantadores, Leonardo Cardoso (7) e Gabriel França (12), ponteiros, e Renan Levandovski (6), central, perdeu em casa para o Unicaja Almeria, por 3 a 0, sets de 25/21, 25/19 e 25/16.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

E Igor Nascimento e Mário Augusto Júnior (3), centrais do Río Duero Soria, perderam, fora de casa, para o Teruel. O time dos brasileiros foi superado em parciais diretas, séries de 25/22, 25/21 e 25/19.

Mais em Vôlei