Siga o OTD

Vôlei

Jaqueline detona quadra da CBV: ‘estou toda arrebentada’

Jaqueline, bicampeã olímpica e hoje no Osasco, detona quadra da CBV com duras críticas ao material e às cores do piso

Protagonistas, os atletas e seus posicionamentos são importantes em relação aos assuntos de seus esportes. No vôlei, a CBV (Confederação Brasileira de Voleibol) fez uma mudança no piso da quadra para as competições nacionais de 2020/21. Após o uso no Super Vôlei e na Supercopa, o novo solo segue na Superliga. Nesta segunda-feira (17), a bicampeã olímpica Jaqueline usou seu Instagram abordar esse tema
Jaqueline usou seu instagram para fazer duras críticas ao piso usado na quadra da Superliga (Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

Protagonistas, os atletas e seus posicionamentos são importantes em relação aos assuntos das modalidades. No vôlei, a CBV (Confederação Brasileira de Voleibol) fez uma mudança no piso da quadra para as competições nacionais de 2020/21. Após o uso no Super Vôlei e na Supercopa, o novo solo segue na Superliga. Nesta segunda-feira (17), a bicampeã olímpica Jaqueline usou seu Instagram abordar esse tema.

+ Adenízia brilha e comanda Sesi Bauru em vitória sobre o Flu

“Estou toda arrebentada. Essa quadra nova não desliza. Ela queima você todinha. Joguei apenas meu primeiro jogo. Entrei, fui pegar uma largada e olha o que aconteceu (mostra a queimadura). Agora vou ter que jogar de faixa. Vou jogar com proteção no braço. Meião a gente já joga, mas vou ter que proteger tudo para jogar nessa quadra. Eles mudaram a quadra do nada e é péssima”, afirmou Jaqueline, que também reclamou das cores.

+ Natália marca 15 pontos em vitória do Dinamo na Rússia

“A outra quadra era tão boa. Ninguém nunca reclamou. Por que mudar de uma hora para outra? Dentro é amarelo e fora é azul, tinha que ser ao contrário. Já vi jogadoras se machucarem por escorregarem no molhado. Ninguém consegue ver onde está molhado na quadra porque ela é amarela. Muitas atletas não conseguem enxergar a linha de três metros. Poderia colocar mais escuro dentro. Vamos fazer o que? Está difícil”, completou.  

Problemas com o piso da quadra

Osasco e Fluminense em jogo pela Superliga no polêmico piso (João Pires/Fotojump)
Osasco, de Jaqueline, e Fluminense em jogo pela Superliga no polêmico piso (João Pires/Fotojump)

O piso utilizado na quadra em 2020/21 trocou o laranja, da parte interna, e o verde, da externa, por, respectivamente, amarelo e azul. Essa modificação já estava prevista para os playoffs da Superliga da última temporada, que não ocorreram devido à pandemia do coronavírus. Como as cores do solo são as mesmas da bola, atletas, técnicos e árbitros reclamam da dificuldade de ver até onde é dentro e onde começa a ser fora.

+ Taubaté vence e segue como único invicto na Superliga

Além da questão das cores, outro tema está em discussão. Na primeira rodada da Superliga feminina, o Sesc Flamengo e o Fluminense jogaram no Rio de Janeiro contra, respectivamente, Brasília Vôlei e São Paulo/Barueri. Os times jogaram pó de magnésio no piso para que ele ficasse mais seco e fosse mais estável para as atletas, solução encontrada para evitar escorregões. Na ocasião, a CBV se posicionou sobre o tema.

+ AO VIVO: Invictos, São Paulo e Osasco duelam na Superliga

“Não foi uma recomendação nossa, como também não foi do fabricante. Desde o início da utilização do piso, tivemos três competições, o Troféu Super Vôlei, a Supercopa, em ambos os naipes, além de duas rodadas inteiras do masculino na Superliga. O problema em Saquarema aconteceu em razão da maresia porque o Centro de Desenvolvimento do Voleibol fica muito próximo do mar”, disse a entidade.

Confira imagens da reclamação de Jaqueline

A bicampeã olímpica Jaqueline em seus stories (Instagram/jaqueline)

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Jaqueline em seus stories criticando a nova quadra da CBV (Instagram/jaqueline)
Jaqueline em seus stories criticando a nova quadra da CBV (Instagram/jaqueline)

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Vôlei