Siga o OTD

O Itambé/Minas ganhou do Pinheiros nesta sexta-feira (13) com quatro atletas alcançando dois dígitos na pontuação. Na estreia pela Superliga 2020/21 em Belo Horizonte, o time mineiro marcou 3 sets a 1, parciais de 25/19, 21/25, 25/18 e 25/17. A americana Megan fez 17 pontos e foi a maior pontuadora do jogo. Além dela, a central Thaísa, com 15, e Dani Cuttino, oposto, e Pri Daroit, ponteira, ambas com 13, também foram efetivas

Vôlei

Minas estreia em casa na Superliga e vence o Pinheiros

Com quatro atletas alcançando dois dígitos de pontuação e Léia melhor em quadra, o time mineiro fez 3 sets a 1 no adversário paulista

Com bom jogo coletivo, o Minas ganhou do Pinheiros (Orlando Bento/MTC)

Minas estreia em casa na Superliga e vence o Pinheiros

O Itambé/Minas ganhou do Pinheiros nesta sexta-feira (13) com quatro atletas alcançando dois dígitos na pontuação. Na estreia pela Superliga 2020/21 em Belo Horizonte, o time mineiro marcou 3 sets a 1, parciais de 25/19, 21/25, 25/18 e 25/17. A americana Megan fez 17 pontos e foi a maior pontuadora do jogo. Além dela, a central Thaísa, com 15, e Dani Cuttino, oposto, e Pri Daroit, ponteira, ambas com 13, também foram efetivas.

+ São Paulo-Barueri abre 2ª rodada da Superliga com vitória

A líbero Léia levou o troféu VivaVôlei, eleita melhor em quadra. A ponteira Megan foi efetiva em ataques e contra-ataques, com 15 pontos. Ela também anotou dois em bloqueios. Já Thaisa marcou 11 em ações ofensivas e quatro com paredão bem montado. Dani Cuttino contribuiu com oito acertos atacando e mais cinco bloqueando e, por fim, Pri Daroit colocou dez bolas no chão em ataques e três armando o muro que neutralizou as rivais.

No Pinheiros duas jogadores tiveram atuação mais relevante. A ponteira Priscila Souza registrou 14 acertos, todos em ataques ou contra-ataques, e a oposto Kimberlly fez 11, todos em ações ofensivas. Coletivamente, o Minas marcou 54 pontos atacando contra 46 do rival. Além disso, fez 14 acertos de bloqueio e o oponente somente três. Os dois times deixaram a quadra com apenas um ace.

+ Dentil/Praia Clube despacha o Brasília Vôlei em sets diretos

Na terceira rodada da Superliga, o Minas enfrenta o Curitiba Vôlei, na terça-feira (17), às 16h30, no ginásio Colégio Positivo Jr. Já o Pinheiros recebe o Sesc Flamengo, no mesmo dia, às 21h30, no Henrique Villaboim, em São Paulo. O time comandado pelo técnico Nicola Negro é o vice-líder, com seis pontos, atrás do Dentil/Praia Clube nos critério de desempate. Já o clube paulista segue sem vencer e pontuar.  

Resumo do jogo

Quatro atletas fizeram pontuação de dois dígitos (Orlando Bento/MTC)
Quatro atletas fizeram pontuação de dois dígitos (Orlando Bento/MTC)

Mesmo fora de casa, o Pinheiros iniciou melhor e fez 5 a 1 em ataque da central Adriani. O Minas empatou e virou com dois pontos de bloqueio, primeiro com Thaisa, 8 a 8, e depois com Pri Daroit, 9 a 8. Megan pontuou em ataque e a diferença foi para 14 a 9. A americana marcou mais um em ação ofensiva e o time mineiro chegou em 20 a 12. Com acerto da oposto Camila, a equipe mandante fechou em 25 a 19.

+ Confira a tabela da competição

Assim como na parcial anterior, o Pinheiro abriu vantagem: 4 a 1 e depois 8 a 4. O Minas empatou em 11 a 11 após bloqueio de Dani Cuttino e virou em ataque de Megan: 12 a 11. Consistente, o time paulista retomou a dianteira e ampliou o marcador com bloqueio de Adriani: 19 a 14. A ponteira Maiara, em ataque, marcou 22 a 16. A equipe minastenista esboçou reação em bloqueio de Thaisa: 23 a 19. Mas Priscila fechou em 25 a 21.

E o Pinheiro manteve seus bons começos de sets assumindo dianteira de 7 a 4. O Minas igualou em 11 a 11 com Cuttino bloqueando e depois deslanchou, com a própria oposto americana pontuando em ataque: 18 a 13. Mais adiante, Pri Daroit anotou 23 a 15 e depois 24 a 18, ambos em ataques. A parcial foi finalizada com erro de saque da central Gabi Martins: 25 a 18.

+ Bauru recebe o Curitiba pela Superliga; ao vivo no sábado

No quarto set, Minas e Pinheiros ficaram trocando pontos até o 9 a 9. Com Cuttino bloqueando, o time mineiro fez 14 a 10. A diferença só foi aumentando e Megan, em ataque, registrou 19 a 11. Em ação ofensiva, Thaisa colocou no chão e marcou 23 a 16. Para finalizar a parcial e o confronto, Pri Daroit anotou em ataque e decretou o 25 a 17.  

Use o cupom OTD10 para comprar o payperview da Superliga com 10% de desconto. Clique aqui.

Regulamento

A CBV (Confederação Brasileira de Voleibol) divulgou a tabela da Superliga de vôlei feminino 2020/2021. A competição teve início no dia 9 de novembro e contará com 12 equipes participantes.

Na Superliga feminina, estarão na disputa Sesi Vôlei Bauru (SP), Brasília Vôlei (DF), Curitiba Vôlei (PR), Fluminense (RJ), Itambé/Minas (MG), Osasco Audax/São Cristóvão Saúde (SP), Pinheiros (SP), Dentil/Praia Clube (MG), São José dos Pinhais (PR), Sesc RJ Flamengo (RJ), São Paulo/Barueri (SP) e São Caetano (SP).

Vale lembrar que em ambos os naipes neste ano os duelos de quartas de final, semifinais e finais serão todos disputados em série melhor de três. As finais da competição feminina estão programadas para os dias 9, 13 e 16 de abril.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Na última terça, a entidade já havia divulgado como será o protocolo adotado para a Superliga visando o controle sobre o coronavírus. Entre as definições do protocolo, as equipes precisarão realizar testes de coronavírus a cada 15 dias durante a Superliga. Os resultados deverão ser envidados para a CBV em uma folha timbrada assinada e carimbada pelos médicos das respectivas equipes. Em caso de exames positivos, os atletas ficarão em quarentena por um período de 10 dias.

Mais em Vôlei