Siga o OTD

Vôlei

Tabela da Superliga de vôlei feminino 2020/2021

Confira a tabela de jogos da Superliga de vôlei feminino, que vai reunir os 12 melhores times do Brasil em busca do título de campeão

Superliga Feminina CBV ranking ao vivo superliga de vôlei feminino
Minas foi o campeão da última temporada finalizada da Superliga Feminina (Foto: Orlando Bento/MTC)

Tabela da Superliga de vôlei feminino 2020/2021

JOGOS DO DIA

DataProvaHorário/Resultado

IFINAL

SEMIFINAL

QUARTAS DE FINAL

PRIMEIRA FASE

CLASSIFICAÇÃO

PosTimePtsJVDPróContra
16322211639
250221755624
350221665419
446221665328
542221484631
639221484636
728229133846
824228143252
923227153248
1015225172355
1113224181756
12322121763

A CBV (Confederação Brasileira de Voleibol) divulgou nesta quarta-feira (07) a tabela da Superliga de vôlei feminino 2020/2021. A competição terá início no dia 9 de novembro e contará com 12 equipes participantes.

Na Superliga feminina, estarão na disputa Sesi Vôlei Bauru (SP), Brasília Vôlei (DF), Curitiba Vôlei (PR), Fluminense (RJ), Itambé/Minas (MG), Osasco Audax/São Cristóvão Saúde (SP), Pinheiros (SP), Dentil/Praia Clube (MG), São José dos Pinhais (PR), Sesc RJ Flamengo (RJ), São Paulo/Barueri (SP) e São Caetano (SP).

+ CBV define os protocolos contra coronavírus para Superliga

A tabela da Superliga de vôlei feminino coloca a partida de estreia entre Curitiba Vôlei (PR) e Osasco São Cristóvão Saúde (SP), às 19h, no ginásio do Colégio Positivo, em Curitiba (PR). A partida terá transmissão ao vivo do Canal Vôlei Brasil.

Tabela Superliga de vôlei feminino 2020/2021
Temporada será disputada com portões fechados por conta da pandemia (Orlando Bento/MTC)

Vale lembrar que em ambos os naipes neste ano os duelos de quartas de final, semifinais e finais serão todos disputados em série melhor de três. As finais da competição feminina estão programadas para os dias 9, 13 e 16 de abril.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Na última terça, a entidade já havia divulgado como será o protocolo adotado para a Superliga visando o controle sobre o coronavírus. Entre as definições do protocolo, as equipes precisarão realizar testes de coronavírus a cada 15 dias durante a Superliga. Os resultados deverão ser envidados para a CBV em uma folha timbrada assinada e carimbada pelos médicos das respectivas equipes. Em caso de exames positivos, os atletas ficarão em quarentena por um período de 10 dias.

Confira a tabela da Superliga feminina completa por aqui.

Mais em Vôlei

viagra