Siga o OTD

Gabi, do Vakifbank, de vôlei feminino medalha olímpica

Vôlei

Gabi vai bem, mas Vakifbank perde estreia da Champions

Gabi foi a jogadora com melhor desempenho na recepção, a segunda melhor atacante e a terceira melhor pontuadora, mas sua equipe foi derrotada na estreia da Champions League de vôlei feminino

Gabi vai bem, mas Vakifbank perde estreia da Champions

Se Natália foi o destaque na véspera na estreia do Eczacibasi na Champions League, Gabi não teve a mesma sorte no primeiro jogo do Vakifbank pela principal competição europeia de clubes. A brasileira teve boa atuação e saiu de quadra como a jogadora com melhor desempenho na recepção, com 60% de acerto, a segunda melhor atacante, colocando no chão 13 cortadas vencedoras e a terceira maior pontuadora, mas não conseguiu evitar a derrota de sua equipe por 3 a 2 para o Scandicci, da Itália, com parciais de 25/21, 19/25, 13/25, 25/15 e 15/11.

Vencedor da partida, o Scandicci tem em seu elenco a brasileira Adenízia, mas, por estar se recuperando de lesão, a central não tem jogado. A equipe italiana teve uma atuação consistente e que mostrou a força do conjunto. Quatro jogadoras alcançaram pontuação de dois dígitos. A mexicana Samantha Bricio fez 15, a sérvia Jovana Stevanovic anotou 12 e a polonesa Magdalena Stysiak marcou 10, mesmo número feito pela compatriota Agnieszka Kakolewska.

Apesar de derrotado, o Vakifbank teve a maior pontuadora da partida, a sueca Isabelle Haak, que marcou 18 pontos. Gabi fez 13, enquanto a sérvia Milena Rasic marcou 12 e a turca Ebrar Karakurt anotou 12.

O JOGO

Jogando em casa, o Vakifbank era considerado favorito, mas foi surpreendido logo no primeiro set. Liderado por Magdalena Stysiak, que fez seis pontos na parcial, o Scandicci só ficou atrás no primeiro terço do período, que foi liderado pela equipe de Istambul por 8 a 6. Depois disso, as visitantes passaram a frente e controlaram o placar até chegar à vitória por 25 a 21.

No segundo set, o Vakifbank retomou as rédeas do jogo. Com Ebrar Karakurt marcando na parcial seis dos 10 pontos que fez no jogo e quatro de Gabi, a equipe turca foi abrindo vantagem e conseguiu fechar com tranquilidade em 25 a 19.

O terceiro set seguiu na mesma toada e deu a impressão de que o Vakifbank chegaria à vitória. Com Isabelle Haak e Melis Gurkaynak virando quase tudo, a equipe turca dominou completamente a parcial e venceu com extrema facilidade: 25 a 13.

Mas quando parecia que as donas da casa iriam se impor em Istambul, o Scandicci deu o troco quase na mesma moeda. A mexicana Samantha Bricio foi o destaque o time italiano fechou o set em 25 a 15.

A reação italiana abalou o Vakifbank e o Scandicci voltou com tudo para o tie-break. Depois de um início disputado ponto a ponto, a equipe italiana foi abrindo vantagem e chegou a vitória por 15 a 11 graças a nove pontos ganhos em erros cometidos pelo adversário.

Mais em Vôlei