Siga o OTD

Martine Grael e Kahena Kunze - Robert Scheidt - Jorge Zarif - Jogos Olímpicos de Tóquio

Tóquio 2020

Martine Grael e Kahena Kunze estreiam com vitória e Scheidt sobe para 3º

Atuais campeãs olímpicas vencem regata e ocupam 3ª posição geral. Scheidt ganha duas colocações e segue na briga

(Divulgação/World Sailing)

Martine Grael e Kahena Kunze estreiam com vitória e Scheidt sobe para 3º

O dia da vela nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 foi agitado para o Brasil, e a estreia das atuais campeãs olímpicas foi com o pé direito. Na madrugada desta terça-feira (27), Martine Grael e Kahena Kunze começaram a defesa da medalha de ouro com direito à vitória. Já na classe Laser, Robert Scheidt ganhou mais duas posições, enquanto Jorge Zariff e Marco Grael e Gabriel Borges também fizeram suas estreias.

Martine e Kahena estreiam bem

O início das disputas da classe 49erFX não foi tão bom para Martine Grael e Kahena Kunze. As campeãs olímpicas abriram o dia com um 15º lugar na primeira regata, resultado que vai sendo descartando por enquanto. Na sequência, entretanto, as brasileiras elevaram o nível e mostraram porquê foram medalha de ouro em 2016.

Na segunda regata do dia de estreia, Martine Grael e Kahena Kunze já conseguiram uma boa quinta colocação. E para encerar o primeiro dia nos Jogos Olímpicos de Tóquio, elas fecharam a regata na primeira posição, vencendo a primeira disputa no Japão.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Assim, as brasileiras ocupam a terceira posição na classificação geral, com seis pontos perdidos. As britânicas Charlotte Dobson e Saskia Tidey venceram as duas primeiras regatas e lideram a disputa, seguidas das estadunidenses Stephanie Roble e Margaret Shea. Martine Grael e Kahena Kunze voltam à água nesta quarta-feira (28), a partir das 2h50 (de Brasília).

Robert Scheidt subindo

Robert Scheidt
Robert Scheidt disputa sua sétima Olimpíada (Julio César Guimarães/ COB)

No segundo dia da classe Laser nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Robert Scheidt conseguiu seu melhor e seu pior resultados até aqui. O medalhista olímpico abriu o dia com um ótimo terceiro lugar, mas ficou apenas em 17º na segunda regata, resultado que vai sendo descartado até aqui. E na última disputa, o brasileiro conseguiu mais uma boa quinta colocação para fechar o dia.

+ CHANCES DE SCHEIDT, FAVORITOS E MAIS: SAIBA TUDO SOBRE A CLASSE LASER DA VELA

Assim, Robert Scheidt ganha duas posições na tabela de classificação geral e ocupa a terceira colocação, com 33 pontos perdidos. Pavlos Kontides, do Chipre, segue na liderança, com 18 pontos perdidos, seguido do australiano Matthew Wearn, com 27.

Agora, os velejadores terão mais quatro regatas até a medal race, marcada para 1º de agosto. Robert Scheidt briga pela sua sexta medalha para se isolar como maior medalhista da história do Brasil. Além disso, esta é sua sétima Olimpíada na carreira.

Estreias brasileiras

Na estreia da classe 49er, Marco Grael e Gabriel Borges disputaram apenas uma regata, sendo que as outras duas que deveriam ter acontecido nesta terça-feira (27) foram adiadas. Assim, na primeira e única regata realizada até aqui, os brasileiros ficaram na oitava colocação.

Por fim, quem também começou sua campanha nos Jogos Olímpicos de Tóquio foi Jorge Zarif, na classe Finn. Na primeira regata, o brasileiro terminou na sétima colocação, enquanto na segunda e última, ele ficou apenas em 15º. Com isso, o atleta encerra o primeiro dia na 13ª posição geral.

Mais em Tóquio 2020