Siga o OTD

Luisa Baptista e Vittória Lopes

Tóquio 2020

Luísa Baptista e Vittoria Lopes garantem triatlo do Brasil na Olimpíada

Ouro e prata nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019, atletas representarão o triatlo brasileiro nos Jogos de Tóquio 2020

COB

Luísa Baptista e Vittoria Lopes garantem triatlo do Brasil na Olimpíada

O Brasil tem mais duas atletas confirmadas na disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Luísa Baptista e Vittoria Lopes, atletas do triatlo, tiveram as suas vagas confirmadas pela CBTri (Confederação Brasileira de Triatlo) nesta terça-feira (8), cinco dias antes do fechamento do ranking olímpico.

Donas da dobradinha nos Jogos Pan Americanos de Lima-2019, Luísa Baptista e Vittoria Lopes, que conquistaram o ouro e prata, respectivamente, confirmaram as suas vagas por não terem mais chances de serem ultrapassadas no ranking olímpico. Atualmente Luísa é a 28ª colocada, enquanto Vittoria ocupa a 38ª posição.

+ Brasil já tem 248 atletas classificados para os Jogos Olímpicos de Tóquio

Sem competir desde novembro, Luísa Baptista vem de uma ótima quarta colocação na etapa de Valencia da Copa do Mundo. A atleta chegou a se preparar em Portugal para a disputa do pré-olímpico do revezamento misto em maio, porém acabou sofrendo um acidente e ficou de fora da competição.

Já Vittoria Lopes vem de bons torneios recentes. A atleta disputou nas duas últimas semanas um evento na Itália e outro na Inglaterra, chegando a liderar um deles – em ambos terminou entre as melhores 20 competidoras. Vittoria utilizou as redes sociais para comemorar a notícia.

“A primeira meta foi atingida, estarei na largada da prova feminina, no dia 27 de julho, em Tokyo Bay, mas não quero só isso. Não basta participar, eu vou para competir e fazer acima do meu melhor. Não esperem nada menos do que isso de mim. Quero colocar o Brasil na frente, honrar o meu esporte e trazer alegria para o nosso povo em um momento tão difícil, particularmente a minha terra que amo, o meu Ceará”, publicou Vittoria em suas redes sociais.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

A classificação da dupla representa a volta do Brasil contando com mais de uma atleta na modalidade na disputa olímpica. Nas últimas três edições o Brasil esteve representado com apenas uma atleta: Mariana Ohata em 2008 e Pâmela Oliveira em 2012 e 2016. A expectativa agora é de que o país consiga confirmar Manoel Messias como representante entre os homens.

Mais em Tóquio 2020