Siga o OTD

Fernanda Borges lançamento de disco índice para os jogos olímpicos de tóquio

Tóquio 2020

Fernanda Borges é ouro nos EUA e faz índice no disco para a Olimpíada

Fernanda borges venceu o lançamento de disco em Chula Vista com a marca de 64,21 m, superando o índice olímpico da prova, que é de 63,50 m

Fernanda Borges é ouro nos EUA e faz índice no disco para a Olimpíada

A gaúcha Fernanda Borges (AABLU) conseguiu neste sábado (24/4) a qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio no lançamento do disco. Ela venceu a sua prova, em Chula Vista, nos Estados Unidos, onde participa do Camping Internacional de Treinamentos e Competições, com a marca de 64,21 m, superando os 63,50 m, exigidos pela World Athletics.

Sexta colocada no Campeonato Mundial de Doha-2019, no Catar, com 62,24 m, a melhor posição brasileira da história em provas de arremesso e lançamentos na categoria feminina do evento, Fernanda está treinando pessoalmente com o espanhol José Luís Martínez, desde março, quando viajou para San Diego. Ela estava sendo orientada pelo treinador virtualmente desde setembro de 2020.

+Alison dos Santos faz melhor marca do mundo de 2021 nos 400 m com barreiras

Fernanda, que tem 64,66 m como recorde pessoal, não ficou surpresa com o resultado. “Esperava encaixar a qualquer momento uma boa marca. Continuo treinando e querendo mais, pois estou pronta para mais”, comentou a lançadora.

+Com 8,23 m, Samory Uiki alcança índice olímpico no salto em distância

Fernanda Borges começou no atletismo aos 13 anos, na escola em que estudava no Rio Grande do Sul. Mais tarde, passou a treinar num clube de sua cidade e, aos 15 anos, conheceu o lançamento do disco, modalidade em que se especializou.

Com a qualificação de Fernanda, atual campeã brasileira, o Brasil tem agora duas atletas para a prova do disco em Tóquio. Além da gaúcha, também tem índice a paraibana Andressa Oliveira de Morais (Pinheiros), recordista brasileira e sul-americana.

+RECEBA NOTÍCIAS NO NOSSO CANAL NO TELEGRAM OU PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DO WHATSAPP

Outros atletas também participaram da competição, que termina neste domingo (25/4), no Chula Vista Elite Athlete Training Center. Nos 200 m, domínio foi brasileiro. Vitoria Rosa (Pinheiros) venceu com 23.12 (-1.8), seguida por Ana Carolina Azevedo (CT Maranhão), com 23.90 (-1.8), Tabata Carvalho (AA Maringá), com 24.37 (-3.1). Tiffani Marinho (Orcampi) terminou na quinta colocação, com 24.40 (-3.1).

Nos 400 m, Anderson Henriques (AABLU) foi o vencedor, com 45.84. João Henrique Falcão Cabral (CT Maranhão) ficou em quarto lugar, com 47.14. Outra vitória foi de Marcio Teles (Orcampi) nos 400 m com barreiras, com 52.34.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

O Brasil também foi ao pódio nos 400 m feminino, com Tabata Carvalho, vice-campeã com 53.46, e nos 200 m masculino com João Falcão, com 22.05 (-1.8).

Mais em Tóquio 2020