Siga o OTD

Tiro com Arco

Time feminino composto chega nas quartas da Copa do Mundo

Brasil chega até as quartas de final do torneio por equipes femininas do arco composto na Copa do Mundo de Paris

Time feminino de arco composto Copa do Mundo de tiro com arco
Brasileiras do time feminino composto pousam para foto (Foto: Instagram/comitedeatletas_cbtarco)

O Brasil chegou até as quartas de final da disputa por equipes femininas do arco composto, na etapa de Paris da Copa do Mundo de tiro com arco, nesta quarta-feira (22). O time formado por Eiry Cristina Nisi, Larissa Ferrari e Alexandra Silva acabou derrotado pela Índia por 230 a 227. O time masculino parou na primeira fase. Já no arco recurvo, Marcus Vinicius D’Almeida foi o 12º do ranqueamento e avançou no mata-mata.

+ Bia Haddad Maia vence 12º jogo seguido na grama britânica

Ranqueada como a 11ª colocada do torneio, a equipe feminina de arco composto do Brasil fez sua estreia nas oitavas de final. O time venceu os Estados Unidos por 226 a 225, de virada. O Brasil saiu atrás os dois primeiros sets, conseguiu o empate no terceiro e foi vitorioso no último.

Na sequência, a equipe brasileira fez outro duelo emocionante, agora contra a Índia. O combate permaneceu empatado até o terceiro set, quando as brasileiras foram muito mal e viram as indianas abrirem quatro pontos de vantagem. No último set, o Brasil até se recuperou, mas acabou derrotado em 230 a 227.

Já o time masculino do Brasil, que foi formado por Roberval dos Santos, Maximiliano Favoreto e Rafael Kawakani, ficou em 18º lugar entre 20 equipes na fase de ranqueamento. Assim, precisou disputar uma fase preliminar antes das oitavas de final. Contra Hong Kong, a equipe brasileira perdeu para Hong Kong por 227 a 226 e foi eliminada.

Vale destacar que o arco composto não é olímpico. A prova olímpica do tiro com arco é o recurvo. O composto é disputado apenas em Mundiais e outros eventos como os Jogos Pan-Americanos.

Recurvo

Pelo arco recurvo, que foi iniciado nesta quarta-feira, Marcus Vinicius D’Almeida foi o principal brasileiro na disputa. Atual vice-campeão mundial, ele foi o 12º colocado na fase de ranqueamento, marcando 677 pontos (37 notas dez e 16 na mosca). Já na primeira rodada do mata-mata, ele venceu o marroquino Omar El Boussouni por 6 a 0.

Marcus D'Almeida ranqueamento Copa do Mundo de tiro com arco em Gwangju
Marcus D’Almeida ranqueamento Copa do Mundo de tiro com arco (Foto: World Archery)

Seus compatriotas não tiveram um desempenho semelhante ao seu na fase de ranqueamento. O segundo melhor brasileiro na disputa foi Matheus Pacheco, em 75º com 646 pontos. No mata-mata, ele venceu o indonésio Arif Pangestu por 7 a 3 e avançou. Já Bernardo Oliveira (79º) perdeu para Alviyanto Prastyadi, da Indonésia, por 6 a 2, enquanto Gustavo Paulino (89º) caiu diante do italiano Michele Frangilli por 6 a 4.

Na próxima fase, que conta com 64 atletas, Marcus Vinicius D’Almeida enfrentará o alemão Nino Schiffhauer, 76º colocado no ranqueamento. Já Matheus Pachecovai ter uma pedreira pela frente: o holandês Rick Van der Ven (11º). A continuação do mata-mata do arco recurvo acontecerá na sexta-feira (24). As finais estão programadas para o domingo (26).

Disputa feminina

Entre as mulheres, em que apenas a fase de ranqueamento foi disputada, Ane Marcelle dos Santos foi a 40ª colocada, com 635 pontos. Ana Luiza Caetano foi a segunda melhor brasileira, ficando em 44º, com 632 pontos. Ana Machado foi a 51ª, com 628, enquanto Marina Canetta ficou em 61º, com 618. Todas elas avançaram para o mata-mata.

Ao todo, 81 atletas participaram da competição, mas apenas as 64 melhores colocadas seguiram na disputa. Quem terá o páreo mais duro é Marina Canetta, que vai enfrentar logo de cara a estadunidense Casey Kaufhold (4ª), vice-campeã mundial no ano passado. Ane Marcelle enfrentará a italiana Elisabeta Mijno (25ª), enquanto Ana Luiza terá a espanhola Elia Canales (21ª) pela frente, e Ana Machado, a britânica Penny Healy (14ª).

Equipes

O Brasil também terá representantes em todas as disputas por equipes. Entre os homens, o time ficou em 17º lugar e vai duelar contra a Austrália (16ª) por um lugar nas oitavas de final. Em caso de vitória, enfrentará a Coreia do Sul, primeira colocada e atual campeã olímpica.

Copa do Mundo de tiro com arco (Foto: World Archery)

Já as mulheres, que ficaram em quarto lugar no último Campeonato Mundial, ficaram em 14º lugar no ranqueamento e vão enfrentar Bangladesh (19º) na primeira fase do mata-mata em Paris. Em caso de vitória, enfrentará Taiwan (3º) nas oitavas de final.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

O time misto do Brasil, que é formado por Ane Marcelle dos Santos e Marcus Vinicius D’Almeida, também vai enfrentar Bangladesh na primeira rodada do mata-mata. A dupla brasileira ficou em 15º no ranqueamento, enquanto os asiáticos terminaram em 18º. O vencedor vai encarar os Estados Unidos.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Clique para comentar

Você deve estar logado para postar uma comentário Login

Deixe um Comentário

Mais em Tiro com Arco