Siga o OTD

Tiro com Arco

Marcus D’Almeida conquista inédita medalha de prata no Mundial

Marcus D’Almeida entrou para a história ao ser o primeiro brasileiro a subir no pódio em um Mundial de tiro com arco adulto

Marcus D'Almeida tiro com arco tóquio 2020 Mundial de tiro com arco
(Divulgação/World Archery)

Seis anos depois de ganhar a medalha de ouro no Mundial Júnior, Marcus D’Almeida entrou novamente para a história do esporte brasileiro ao ser o primeiro atleta do país a subir no pódio em um Mundial de tiro com arco adulto. Aos 23 anos, o atleta do Rio de Janeiro venceu neste domingo o turco Samet Ak nas quartas de final e o americano Brady Ellison na semi, mas foi derrotado na final pelo sul-coreano Kim Woojin, que ficou com o título.

Depois de ficar em segundo lugar na qualificação do Mundial de tiro com arco e eliminar o moldavo Dan Olaru e o holandês Steve Wijler nas duas primeiras fases eliminatórias, Marcus D’Almeida entrou com tudo neste domingo na disputa das quartas de final e teve uma atuação quase perfeita contra o turco Samet Ak. O adversário saiu na frente ao fazer 10 a 9 no tiro inicial, mas o brasileiro acertou o centro do alvo cinco vezes seguida para fechar as duas primeiras parciais em 29 a 28 e 30 a 27.

No terceiro set, Samet Ak liderou até a segunda rodada, quando chegou a 20 a 19. No último tiro, no entanto, o turco foi mal e fez apenas sete pontos. Aí, Marcus D’Almeida mandou a flecha no nove para fazer 27 a 26 e garantir a classificação para a semifinal para enfrentar o americano Brady Ellison, campeão mundial em 2019.

Marcus D'Almeida Mundial de Tiro com arco qualificação
Marcus D’Almeida em ação no Mundial de Tiro com Arco 2021 (Divulgação/World Archery)

Na primeira semifinal do Mundial de tiro com arco, o jovem turco campeão olímpico Mete Gazoz, de 22 anos, foi eliminado pelo sul-coreano Kim Woojin, que foi ouro por equipes na Rio-2016 e em Tóquio-2020, com parciais de 30/27, 27/30, 29/28, 29/29 e 29/29.

Marcus D’Almeida voltou ao campo para enfrentar Brady Ellison e a disputa foi extremamente equilibrada. Depois de empatarem em 28 a 28 no primeiro set, os dois atletas acertaram todos os tiros no centro do alvo no segundo e terminaram iguais com a pontuação máxima: 30 a 30.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

No terceiro set, Marcus D’Almeida não conseguiu manter o nível ao acertar a flecha duas vezes no oito e uma no nove, perdendo para o americano por 29 a 25. Assim, o atirador dos Estados Unidos passou a liderar a disputa por 4 a 2.

O brasileiro, no entanto, não desanimou, fez 29 pontos no quarto set contra 25 de Brady Ellison e empatou o duelo em 4 a 4. Na parcial decisiva, Marcus D’Almeida começou a disputa com um oito, mas, na segunda tentativa, acertou o dez, empatando o duelo em 18 a 18. Na flecha decisiva, ele conseguiu outro dez e garantiu a classificação para a final do Mundial de tiro com arco, já que o americano não passou do nove.

Derrotado pelo brasileiro, Brady Ellison superou Mete Gazoz por 6 a 2 e ficou com o bronze. Na final, Kim Woojin começou melhor e venceu os dois primeiros sets por 29/26 e 29/28. Marcus D’Almeida reagiu no terceiro e, com três dez, derrotou o adversário por 30/27.

No quarto set, Marcus D’Almeida e Kim Woojin empataram em 28 a 28 e a decisão da medalha de ouro foi para a parcial decisiva com vantagem do sul-coreano por 5 a 3. Para ser campeão, o brasileiro precisava vencer o set para levar a final para a flecha de ouro. Mas o atirador asiático foi mais consistente e conseguiu vencer por 29 a 27 para conquistar o título mundial.

Apesar da derrota na final, a medalha de prata conquistada por Marcus D’Almeida é um resultado espetacular. É o primeiro pódio de um brasileiro em um Mundial de tiro com arco adulto. O resultado dele, no entanto, não foi o único feito do país na competição. Na disputa por equipes feminina, o Brasil terminou na quarta colocação e ficou a uma posição de subir no pódio.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Tiro com Arco