Siga o OTD

Tênis

Bia Haddad vai à semi em W60 na Suíça e brasileiros fazem finais de challenger

Bia Haddad faz segunda semi seguida, enquanto Rafael Matos, Felipe Meligeni e Orlando Luz vão brigar por títulos de duplas

Bia Haddad, Rafael Matos, Felipe Meligeni e Orlando Luz avançam
(Instagram/biahaddadmaia)

A sexta-feira (10) foi de ótimos resultados para o tênis brasileiro. Começando com Bia Haddad que segue embalada e passeou em quadra nas quartas de final do W60 de Montreux, na Suíça. A cabeça de chave três atropelou a local Conny Perin, cabeça oito, por 6/0 e 6/2, em apenas 1h18 de jogo. Já nos challengers, Rafael Matos, Felipe Meligeni e Orlando Luz garantiram vaga em finais.

Com isso, Bia Haddad avança à semifinal pela segunda semana seguida e segue em busca da quinta final na temporada. Até aqui, ela tem 100% de aproveitamento, com quatro títulos em quatro decisões disputadas. Agora, aguarda a próxima adversária.

“Estou super feliz com o trabalho de hoje. Consegui manter meu padrão agressivo e não deixei ela respirar em momento algum. Tive break point contra em alguns games de saque, mas consegui ficar firme e consciente no jogo. Também consegui lidar bem com as emoções e todas as circunstâncias do jogo. As condições da quadra variaram um pouco durante a semana pelo tempo, hoje estava garoando um pouco e ontem também choveu. Foi mais um bom dia de trabalho, mostrando que estamos no caminho certo”, disse a tenista.

+Ana Sátila e Mathieu Desnos avançam na etapa de Pau; Pepê fica fora da semi

Além de Bia Haddad, Carol Meligeni garantiu vaga na sexta final consecutiva de duplas e vai buscar o quinto troféu. E para isso, ela nem precisou entrar em quadra no W25 de Leiria, em Portugal, já que suas adversárias na semifinal, as cabeças de chave um, desistiram do jogo antes mesmo de começar.

Por fim, Ingrid Martins acabou eliminada no W15 de Monastir, na Tunísia. Nas quartas de final, a cabeça de chave um foi derortada pela japonesa Rina Saigo em sets diretos, com parciais de 7/6 (7-5) e 7/5. A brasileira vinha de vice-campeonato em simples e duplas no torneio no mesmo local, na semana passada.

Já entre os homens, mais duas finais de duplas. No M25 de Sintra, em Portugal, Leonardo Civita Telles e Mateus Alves venceram a semifinal e vão desafiar os cabeças de chave um na briga pelo título. E no M15 de Monastir, Gabriel Decamps e o alemão Robert Strombach bateram os cabeças três na semi e também vão em busca do troféu.

ITF de Ibague

Em quadras colombianas, o Brasil se garantiu em duas semifinais. Entre as mulheres, Thaisa Pedretti, cabeça de chave nº1 do ITF de Ibague, venceu a americana Rushri Wijesundera por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3, e se garantiu entre as quatro melhores tenistas do torneio. Já no masculino, Gustavo Heide superou o britânico Blu Baker, por 2 sets a 0, e também está na semifinal.

Já na chave de duplas, Pedro Boscardin Gustavo Heide pederam a semifinal para os bolivianos Murkel Velasco e Boris Arias, por 2 sets a 1, e deram adeus a competição.

Brasil em finais de challenger

Três brasileiros vão brigar por título neste fim de semana! Depois de levantar o troféu do Challenger de Como, na Itália, Rafael Matos e Felipe Meligeni vão em busca da segunda taça seguida, agora no Challenger de Tulln, na Áustria. Na semifinal, eles bateram os alemães Johannes Haerteis e Benjamin Hassan por 6/3 e 7/6 (7-3). Assim, na final, encaram Andrea Vavassori e Dustin Brown, que eliminaram os cabeças de chave um.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Já no Challenger de Kiev, na Ucrânia, Orlando Luz também garantiu seu lugar na decisão. Cabeça de chave um ao lado do cazaque Aleksandr Nedovyesov, ele venceu o finlandês Ruben Gonzales e o estadunidense Hunter Johnson por duplo 6/4. Assim, terá pela frente Molchanov e Stakhovsky na final.

Por fim, no Challenger de Cassis, na França, Fernando Romboli entraria em quadra pela semifinal de duplas, mas o jogo foi suspenso por causa da chuva.

Mais em Tênis

viagra