Siga o OTD

O calendário de Grand Slams se inicia sempre com o Aberto da Austrália e em janeiro. Desta vez, em 2021, a competição mudou para fevereiro e a primeira data de jogos será no dia 8 . Essa alteração foi motivada pela pandemia do coronavírus. Neste momento, os principais astros do tênis mundial começam a chegar a Melbourne. E isso motivou reclamações de australianos que estão confinados fora do país e não conseguem regressar.

Tênis

Australianos reclamam da realização do Grand Slam no país

Os principais astros do tênis mundial começam a chegar a Melbourne e isso motivou reclamações de australianos que estão confinados fora do país e não conseguem regressar

Alguns australianos não concordam com a realização do Aberto da Austrália (Photo by JOHN DONEGAN/AFP via Getty Images)

Australianos reclamam da realização do Grand Slam no país

O calendário de Grand Slams do tênis se inicia sempre em janeiro com o Aberto da Austrália. Desta vez, em 2021, a competição mudou para fevereiro e a abertura está marcada para o dia 8 . Essa alteração foi motivada pela pandemia do coronavírus. Neste momento, os principais astros do tênis mundial começam a chegar a Melbourne. E isso motivou reclamações de australianos que estão confinados fora do país e não conseguem regressar.

+ Menezes fura o quali e pega favorito em Istambul; Wild cai

Esse fato foi apresentado em reportagem da agência “Reuters” e deixa claro que a realização do Aberto da Austrália desagradou alguns australianos. “Se você quiser vir para a Austrália durante uma pandemia, você precisa ser uma estrela do esporte, celebridade do cinema ou um magnata da mídia”, disse o usuário Daniel Bleakley no Twitter. “A cidadania e um passaporte australiano por si só não são suficientes”, completou.

+ #5fatos que você não sabia sobre Bia Haddad; assista!

O motivo do incômodo é que, enquanto milhares australianos que estão no exterior não podem voltar por conta da pandemia do coronavírus, as estrelas do tênis desembarcam no país. A Austrália restringiu pela metade o número de pessoas que pode regressar ao país a cada semana. Essa medida foi tomada devido aos casos positivos de Covid-19 na quarentena em hotéis estarem aumentam.

Desafios com a pandemia

 Estádio lotado para a final masculina de 2020 do Aberto da Austrália (Photo by Hannah Peters/Getty Images)
Estádio lotado para a final masculina de 2020 do Aberto da Austrália (Photo by Hannah Peters/Getty Images)

Essa resolução do governo da Austrália fez com que a companhia aérea Emirates a suspendesse indefinidamente os voos para Sydney, Melbourne e Brisbane. Os australianos estão questionando a abertura para a chegada do jogadores de tênis e seus acompanhantes para o Aberto da Austrália do próximo mês, aproximadamente 1.200 pessoas, mas não para seus próprios cidadãos.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

Além disso, algumas pessoas pensam que os recursos utilizados para sediar o Aberto da Austrália de tênis poderia ter sido destinado para ampliar as instalações de isolamento social e sistemas de saúde para ajudar a resgatar os australianos retidos fora do país. Esse tipo de tensão evidencia o desafio que será para a realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio, agendados de 23 de julho a 8 de agosto no Japão.

Mais em Tênis