Siga o OTD

Rodolpho Riskalla

Paralímpicos

Rodolpho Riskalla disputa prêmio da FEI de melhores do ano; vote!

Brasileiro já ganhou o prêmio em 2016 e quer repetir o feito em 2020. A votação é popular e acontece até 22 de novembro

Rodolpho já ganhou o prêmio em 2016 (Instagram/rrisklla)

Rodolpho Riskalla disputa prêmio da FEI de melhores do ano; vote!

O cavaleiro brasileiro Rodolpho Riskalla está concorrendo ao prêmio anual da FEI (Federação Internacional de Hipismo) de melhores do ano. Ele disputa na categoria “FEI contra todas as probabilidades”, dedicada a atletas paralímpicos.

Tradicionalmente, os ganhadores são escolhidos de acordo com as conquistas do ano. Mas devido a pandemia do novo coronavírus, que teve como uma das consequências e o baixo número de competições realizadas, este ano a escolha será realizada por voto popular.

Os vencedores desta edição serão anunciados pela FEI em uma cerimônia virtual especial no próximo mês de dezembro. E a votação vai até 22 de novembro no site oficial da federação. Clique aqui para votar em Rodolpho Riskalla.

Rodolpho Riskalla Jogos Paralímpicos da Rio-2016 Federação Internacional de Hipismo prêmio
Riskalla na Rio 2016 (divulgação)

Brasileiro já levou uma vez

O prêmio oferecido pela Federação Internacional de Hipismo – FEI Awards – acontece desde 2009 e destaca homens, mulheres, jovens e organizações que contribuem, dentro ou fora da arena, para o progresso do hipismo. Em 2016, Rodolpho Riskalla venceu por ter participado dos Jogos Paralimpicos do Rio de Janeiro menos de um ano após ser amputado.

+Rodolpho Riskalla e Oliva buscam inédito ouro do hipismo paralímpico

O brasileiro mora na França e foi cavaleiro do hipismo convencional desde os 8 anos, com passagens pela seleção. Em 2015, adquiriu meningite bacteriana e teve de ter amputadas as duas pernas, a mão direita e também dedos da mão esquerda.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Desde então, Rodolpho Riskalla competiu nos Jogos do Rio-2016 e já conquistou a vaga para o Brasil no Grau IV para os Jogos Paralímpicos de Tóquio, no ano que vem.

Mais em Paralímpicos