Siga o OTD

Olimpíada

COB e ABCD trabalham com debates sobre antidoping

As entidades atuam em parceria para disseminar informações sobre o combate à dopagem durante a quarentena e visam promover o #JogoLimpo

Christian Trajano COB ABCD Antidoping Coronavírus Virtuais
Christian Trajano é o gerente de Educação e Prevenção ao Doping do Comitê Olímpico do Brasil (COB/Divulgação)

Os atletas brasileiros caminhavam para a fase final de preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Porém, a pandemia de coronavírus adiou a competição para 2021 e a quarentena modificou a rotina dos competidores. O COB (Comitê Olímpico do Brasil), em parceria com a ABCD (Autoridade Brasileira de Controla de Dopagem), aproveitou para criar uma série de atividades educativas virtuais com a temática antidoping.

+ COB distribui máscaras e cestas básicas em escolas cariocas

“O antidoping está presente na grande maioria das ações educacionais do COB. Por exemplo, falamos sobre ética e respeito quando reforçamos os Valores Olímpicos para as crianças e jovens nos Jogos Escolares da Juventude. E, nesse momento, citamos o doping. Trabalhamos também com quem está em torno desses jovens atletas, como os pais, os familiares e os professores de educação física”, disse o médico Christian Trajano.

“Nossas ações são complementares às da ABCD, ajudamos a cumprir a tarefa de atingir o público. O público alvo das ações antidoping do COB é vasto e diversificado: desde os futuros atletas dos JEJ aos esportistas de alto rendimento. Com isso, a maneira de comunicar deve ser adequada e a tecnologia é uma importante aliada nesse jogo”, acrescentou o dirigente, que é o gerente de Educação e Prevenção ao Doping do COB.

+ Em ano sem Olimpíada, eleição no COB ganha protagonismo

Luisa Parente, secretária nacional da ABCD e atleta olímpica de ginástica artística, aposta em tornar as ações da entidade cada vez mais virtuais. “Recebemos convites para participarmos de lives, fizemos palestras específicas para entidades e passamos nosso II Seminário Brasileiro Antidopagem, que acontecerá em junho, para o online. O legal é que, com essas ações, estamos atingindo mais gente. Nesse momento também estamos sendo muito procurados por instituições esportivas”, contou.

Ações em plataformas digitais

COB ABCD Antidoping Coronavírus Virtuais
COB trabalha em conjunto com a ABCD com palestras educacionais sobre antidoping (Facebook/timebrasil)

Como principal entidade do esporte olímpico do Brasil, o COB tem o compromisso de ensinar e trabalhar na prevenção do doping nas modalidades olímpicas. Por isso, em conjunto com a ABCD, o COB elaborou estratégias nas plataformas digitais para disseminar conhecimento sobre o tema e promover o #JogoLimpo.

+ COB e Confederações usam ambiente virtual na quarentena

“Nosso ideal é que o atleta vivencie o antidoping primeiramente pela educação e não pela notificação, pela coleta de amostra. Estamos desenvolvendo uma plataforma de educação com o auxílio de inteligência artificial e queremos que a ABCD seja parceira na criação dessa plataforma”, disse.

“A ideia é que a ferramenta rastreie o interesse do aluno nos assuntos e, assim, podemos montar uma trilha do conhecimento individualizada, seguindo as preferências da pessoa”, concluiu Trajano, que revelou que o projeto é feito em parceria com a UFRRJ (Universidades Federal Rural do Rio de Janeiro) e a UFF (Universidade Federal Fluminense).

Informação virtual aos atletas

Atletas COB ABCD Antidoping Coronavírus Virtuais
As atividades virtuais foram criadas para beneficiar os atletas brasileiros (Jonne Roriz/COB)

O combate à dopagem é essencial no esporte, já que promove a proteção da saúde do atleta e orienta a um #JogoLimpo, lema da WADA (Agência Mundial Antidoping). Em uma ação extra, a ABCD e o COB vão lançar programas virtuais para levar informações aos atletas.

“A ABCD vem fazendo constantes ações de prevenção. Até o fim do ano lançaremos o nosso Programa de Educação, baseado em quatro pilares: educação baseada em valores, sensibilização e conscientização, acesso à informação, e educação antidopagem”, comentou a ex-atleta.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

“Ele tem como ação principal a plataforma de e-learning da WADA, a ADel. Adquirimos seis módulos para públicos específicos, como atleta, médicos, treinadores e família, profissionais de entidades esportivas e público em geral. Nosso objetivo é atingir o maior número de pessoas que lide com o esporte”, concluiu Luisa Parente, finalista olímpica em Seul-1988 e dona de duas medalhas de ouro nos Jogos Pan Americanos de Havana-1991.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Olimpíada