Siga o OTD

Natação

Bruno Fratus é ouro no Mare Nostrum de Barcelona

Bruno Fratus volta a nadar abaixo dos 22s e fatura o ouro nos 50m do Mare Nostrum de Barcelona

Bruno Fratus Mare Nostrum de Barcelona
Bruno Fratus está sendo o principal destaque do Brasil no Mare Nostrum (Foto: Arquio/Jonne Roriz/COB)

O brasileiro Bruno Fratus voltou a conquistar o ouro no circuito Mare Nostrum de natação. Depois de triunfar em Mônaco no último domingo, ele venceu os 50m livre da etapa de Barcelona nesta quarta-feira (25), marcando 21.78. João Gomes Jr. e Gabrielle Roncatto também medalharam no dia, faturando pratas nos 50m peito e nos 400m livre, respectivamente.

Bruno Fratus já havia liderado as eliminatórias disputadas mais cedo, com 22.23, e era o “homem a ser batido”. Na final, ele não saiu bem e fez uma belíssima prova de recuperação para chegar em primeiro lugar, com 21.78. O medalhista olímpico nadou para abaixo dos 22 segundos nesta prova pela 96ª vez na carreira.

+ Bia Haddad Maia cai na segunda rodada de Roland Garros

O britânico Benjamin Proud ficou com a prata ,marcando 21.89, enquanto o norte-americano Michael Andrew faturou o bronze, a 22.06. Outros três brasileiros participaram das eliminatórias. Gabriel Santos foi o 11º, com 22.60. Marcelo Chierighini foi eliminado com a 32ª melhor marca, de 23.15, enquanto Felipe Ribeiro anotou 23.59, em 58º.

Também vencedor da etapa de Mônaco, João Gomes Júnior conquistou a prata nos 50m peito no Mare Nostrum de Barcelona. Ele marcou 27.18 e ficou atrás do norte-americano Michael Andrew, que teve 27.06. O bronze ficou com o italiano Nicolò Martinenghi, a 27.26. Outro brasileiro na final, Felipe França foi o sexto colocado, com 27.91. Caio Pumputis, com 28.83, não se classificou para a final.

Gabrielle Roncatto Mare Nostrum natação
Gabrielle Roncatto comemora boa marca (Foto: Arquivo/Satiro Sodré/CBDA)

Já Gabrielle Roncatto faturou a medalha de prata nos 400m livre, com 4:08.91. O tempo é novo recorde brasileiro, superando os 4:09.41, de Joanna Maranhão, de 2017. Gabi dominou a prova até os 250m, quando foi ultrapassada pela italiana Simona Quadarella, que se manteve na ponta para vencer com 4:06.18. A japonesa Miyu Namba foi bronze (4:09.59). Nesta prova, Maria Paula Heitmann marcou 4:15.24 e foi sétima colocada. Beatriz Dizotti foi a 10ª na eliminatória, com 4:18.70, e não avançou à final.

Scheffer fica fora do pódio

O medalhista olímpico Fernando Scheffer foi o quarto colocado nos 200m livre, com 1:47.90. Após sair mal, ele se recuperou durante a prova e chegou a brigar pelo pódio, mas perdeu ritmo no fim. O sul-africano Matthew Sates venceu, com 1:45.91, seguido pelo britânico Thomas Dean (1:46.27) e pelo japonês Katsuhiro Matsumoto (1:46.46).

Scheffer foi o único brasileiro na final. Vinicius Assunção ficou a menos de um décimo de se garantir na decisão, terminando em nono lugar na eliminatória, com 1:48.75. Já Breno Correia foi o 13º, com 1:49.41. Felipe Ribeiro foi o 51º, com 1:56.41.

Outras finais

Guilherme Basseto foi o sexto colocado nos 100m costas, com o tempo de 55.20, melhorando em 0.43 a marca que havia feito nas eliminatórias (55.63). O italiano Thomas Ceccon faturou o ouro da prova, marcando 53.18, seguido pelo japonês Ryosuke Irie (53.46) e pelo sul-africano Pieter Coetze (53.72).

Stephan Steverink foi o sétimo colocado nos 400m medley, anotando 4:20.07. Ele havia marcado 4:21.54 nas eliminatórias, tendo o sexto melhor tempo geral. Brandonn Almeida foi o 12º, com 4:27.72, e não avançou à final. O sul-africano Matthew Sates levou o ouro, com 4:11.58, seguido pelo húngaro David Verraszto (4:13.54) e pelo britânico Max Litchfield (4:16.21).

Stephan Steverink no Mare Nostrum de Barcelona
Stephan Steverink, de 18 anos, é uma das grandes reveleções da natação brasileira (Foto: Arquivo/William Lucas/COB)

Matheus Gonche marcou 52.92 na final dos 100m borboleta para ser o oitavo colocado geral. Em uma prova muito disputada, o japonês Naoki Mizunuma levou o ouro, com 51.46, deixando o húngaro Kristof Milak com a prata, a 51.51. O suíço Noe Ponti foi bronze (51.71). Leonardo de Deus anotou 53.90 nas eliminatórias, ficando longe de ir para a final. Já Vinicius Lanza foi o 12º da eliminatória, com 53.26.

Eliminações

Outros brasileiros entraram em ação apenas na sessão da manhã no Mare Nostrum, já que não passaram pelas eliminatórias. Caio Pumputis ficou muito perto de ir à final dos 200m peito, marcando 2:16.19, apenas dois centésimos mais lendo do que o oitavo colocado, o irlandês Darragh Greene. Na mesma prova, Stephan Steverink foi o 16º, com 2:19.99, enquanto Brandonn Almeida terminou em 33º, com 2:27.09.

Nos 100m livre feminino, seis brasileiras competiram e nenhuma avançou à final. Giovanna Diamante foi a que chegou mais perto, com 55.81, 13º melhor tempo geral. Ana Carolina Vieira anotou 56.08, enquanto Giovana Reis marcou 57.06, Lorrane Ferreira, 57.57, Maria Paula Heitmann, 57.87, e Nathalia Almeida, 58.65.

Giovanna Diamante - natação - 4x100 medley misto - Jogos Olímpicos de Tóquio 2020
Giovanna Diamante, do Pinheiros, ficou perto de se garantir em duas finais (Foto: Arquivo/Satiro Sodré/SSPress/CBDA)

Nos 100m peito, Jhennifer Conceição anotou 1:09.39 e foi a 16ª colocada, indo para a final B. Já Ana Carolina Vieira marcou 1:11.15 e foi a 29ª. Etiene Medeiros foi a 16ª colocada nas eliminatórias dos 50m costas, marcando 29.21.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Clarissa Rodrigues também foi a 16ª colocada dos 50m borboleta, marcando 27.18, e teve que disputar a final B. Giovanna Diamante voltou a ser 13ª colocada nos 200m borboleta, marcando 2:11.75. Já Beatriz Dizotti terminou em 24º, com 2:16.44.

Este foi o primeiro dia da etapa de Barcelona do Mare Nostrum. A competição será encerrada nesta quinta-feira (26).

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Natação