Siga o OTD

Tóquio 2020

Fratus consegue índice e só surpresa dupla tira nadador dos 50m em Tóquio

Fratus crava 21s80 em competição nos EUA, bem abaixo dos 22s01 exigidos, e fica bem perto de Tóquio

Bruno Fratus Tóquio
(Instagram/brunofratus/arquivo)

O brasileiro Bruno Fratus cravou 21s80 na final dos 50m livre da etapa de Mission Viejo do TYR Pro Swim Series, na Califórnia, Estados Unidos, e conseguiu atingir o índice olímpico da prova para os Jogos de Tóquio. De quebra, venceu a competição deixando para trás Caeleb Dressel e Nathan Adrian, ambos dos Estados Unidos, dois dos maiores nomes atualmente na natação.

Apesar disso, para realmente confirmar a vaga ele precisa aguardar as seletivas brasileiras, mas só perde o passaporte se dois atletas baixarem a marca de 21s80. Para se ter uma ideia, Pedro Spajari e Ítalo Manzine têm como melhor tempo na carreira, em piscina de 50 metros, 21s82 em 2018 e 2016, respectivamente. Marcelo Chiereghini cravou 21s84, mas em 2013.

Na eliminatória realizada na sexta-feira (9), Fratus já havia nadado abaixo do índice olímpico (22s01), marcou 21s73, mas apenas o tempo tomado na final valeria como seletiva do atleta para os Jogos.

“Achei bom, 21s7 ontem e 21s8 esta manhã. Depois de toda crise da covid, quarentena, piscina fechada. Foi um bom resultado. Agora é só torcer para ninguém nadar mais rápido”, disse o brasileiro para a transmissão da USSwimming logo após a prova dos 50m livre.

Bruno Fratus índice olímpico 50m natação tóquio 2020
(reprodução)

Seletiva brasileira

A Seletiva Olímpica Brasileira de Natação, marcada para os dias 19 a 24 de abril, no Parque Aquático Maria Lenk, Rio de Janeiro, definirá os nomes dos atletas que irão para a Olimpíada de Tóquio. Até o momento, o Brasil está classificado nos revezamentos masculinos 4x100m livre, 4x200m livre e 4x100m medley.

+ Laís Nunes é ouro e Kamila Barbosa leva prata na Bulgária

Bruno Fratus é o primeiro nadador brasileiro a obter uma marca válida para os Jogos. Nas provas individuais da seletiva nacional, estarão classificados os campeões e vice-campeões, desde que obtenham o índice A estabelecido pela Federação Internacional de Natação, obtidos em finais A.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMFACEBOOK E TIKTOK 

Na última semana, a CBDA divulgou o start list da competição, que terá 103 atletas de 17 clubes. Por conta da pandemia da Covid-19, um salvo-conduto foi criado e aprovado pela Fina para atletas que sejam infectados pelo vírus.

Mais em Tóquio 2020

viagra