Siga o OTD

Maratona Aquática

Com sete medalhas, Brasil é campeão sul-americano juvenil de maratona aquática

Com sete medalhas, Brasil é campeão sul-americano juvenil de maratona aquática

A Seleção Brasileira conquistou o título de campeã do Sul-Americano Juvenil de maratona aquática ao somar 169 pontos. Na segunda colocação ficou o Peru, com140 pontos, seguidos pela Venezuela, que somou 134. A competição disputada entre os dias 25 e 28/04, em Calima, na Colômbia, reuniu atletas de 14 a 19 anos, divididos em três categorias. Os atletas brasileiros somaram sete medalhas – 2 ouros, 1 prata e 4 bronzes -, durante todo o evento.

Nesta sexta-feira, 28/04, foram disputadas as provas de revezamento, novidade na competição. Com um formato de quatro nadadores por país, em que cada um nadava 1250 metros e encostava em seu companheiro de equipe para que este pudesse começar sua prova.

Entre os atletas mais velhos (17 a 19 anos), o Brasil conquistou a primeira colocação, deixando para trás Venezuela e Peru, com a segunda e terceira colocações, respectivamente. O quarteto de ouro do Brasil foi Elder Oliveira, Henrique Figueirinha, Gabi Roncatto e Camila Tribst.

Carol Hertel, Isis da Silva, Ricardo Castro e Davi Heberle disputaram a prova, entre os atletas de 14 e 16 anos, e, na batida de mão, conquistaram a quarta colocação. O pódio foi composto por Equardo em primeiro, Venezuela em segundo e Peru em terceiro.

Na última prova individual do Campeonato Sul-Americano juvenil de maratona aquática, na Colômbia, na sexta-feira, 27/04, o Brasil faturou mais duas medalhas de bronze, com Elder Oliveira e Gabriele Roncatto nos 10km. Com estas a delegação brasileira já soma seis medalhas em três provas. As outras foram conquistadas por Ricardo Castro (ouro) e Ísis da Silva (bronze) nos 5km e por Henrique Figueirinha (prata) e João Ricardo Miranda (bronze) nos 7,5km.

Nesta quinta-feira, no masculino, os brasileiros acompanharam o pelotão principal, desde o início, e, depois de 2h02m56s40, Elder Oliveira garantiu a terceira posição, tendo logo atrás, o também brasileiro, Matheus Costas, com 2h02m58s87, na quarta colocação. O pódio foi formado por Nicolas David (2h02m48s), do Equador, com o ouro, e Fabrizio Piero (2h02m52s53), do Peru, com a prata.

Entre as mulheres, Gabi Roncatto, após 2h17m12s52, conquistou a medalha de bronze da competição. Camila Tribst, com 2h27m45s46, ficou na sexta colocação. O foi para Alejandra Maria (2h12m30s05), do Peru, que abriu distância das demais nadadoras desde os primeiro metros. Carmen Kareis (2h16m32s), da Venezuela, ficou com a prata.

Gabi Roncatto comemora o terceiro lugar nos 10km do Campeonato Sul-Americano juvenil

Na quarta-feira, Após 1h29m48s16, Henrique Figueirinha garantiu a segunda colocação, atrás somente do equatoriano, David Andres, que venceu a disputa com 1h29m28s33. João Ricardo Mirando, também do Brasil, ficou na terceira colocação, com 1h30m50s79.

No feminino, a brasileira Carol Hertel, por pouco também não figurou o no pódio. Com 1h45m03s, Carol conquistou a quarta colocação. Julia Nina, com 1h48m00s, ficou na décima posição. Gabriela Fanny (1h41m00), do Peru, conquistou o ouro. A prata foi da colombiana, Karen Restrepo (1h43s14s). O bronze foi para Patrícia Guerrero (1h44m39s), do Equador.

Na terça-feira, primeiro dia de competições do Campeonato Sul-Americano Juvenil de maratona aquática, Ricardo Castro garantiu a medalha de ouro ao completar a prova de 5km em 1h02m09s. A prata ficou com o equatoriano Said Flores, 1h02m15s, e o bronze com o venezuelano, Ezequiel, 1h02m18s.

Ricardo Castro garantiu o primeiro lugar no pódio do Sul-Americano Juvenil

No feminino, Isis da Silva, conquistou o bronze, também em sua primeira competição internacional pela seleção de maratonas, após 1h10m31s de prova. A primeira colocada foi Melany Rosas, do Peru, com 1h09m57s. A prata ficou na Colômbia, com Valentina Bolívar, 1h09s58. A organização ainda não divulgou a colocação de David Heberle e Barbara Lima.

Programação:

Dia 28/04
Prova de Equipe (14 e 16 anos)

Mais em Maratona Aquática