Siga o OTD

revezamento da tocha

Laguna Olímpico

Nem revezamento da tocha escapa de rejeição aos Jogos de Tóquio

Prefeitura de Shimane, um dos locais do percurso da tocha olímpica, pode cancelar o evento se a situação do coronavírus não melhorar

Ensaio do revezamento da tocha no ano passado, antes do adiamento dos Jogos pela pandemia (Divulgação)

Nem revezamento da tocha escapa de rejeição aos Jogos de Tóquio

Planejado para começar no próximo dia 25 de março, o revezamento da tocha olímpica dos Jogos de Tóquio-2020 também sofre com a onda de rejeição que cerca o evento no Japão. O crescente número de casos de Covid-19, que provocou a implantação do estado de emergência em Tóquio e outras cidades japonesas, pode causar a desistência de uma das cidades que integram o roteiro da tocha.

A cidade de Shimane ameaça cancelar sua participação no evento se as medidas de controle da pandemia do coronavírus não melhorarem. O aviso foi dado nesta quarta-feira (17) pelo governador local, Tetsuya Maruyama.

+ O blog está no Twitter. Clique e siga para acompanhar
+ Curta a página do blog no Facebook
+ O blog também está no Instagram. Siga

Em uma coletiva de imprensa, ele disse ser contra a realização não apenas do revezamento, mas também da própria Olimpíada de Tóquio. Segundo ele, as medidas tomadas até agora pelo governo japonês não foram suficientes para conter o avanço do vírus.

“Como prefeitura, não podemos oferecer nosso apoio para o revezamento da tocha se a situação atual continuar”, disse Maruyama, segundo relatou a agência de notícias japonesa “Kyodo News”. Segundo dados do Imperial College, o Japão apresentou 1.308 novos casos de Covid-19 e 101 óbitos nesta quarta-feira. O país tem um total de 418.435 casos desde o começo da pandemia.

Imagem abalada

O posicionamento da cidade de Shimane contra o revezamento da tocha é mais um duro golpe na imagem que a Olimpíada de Tóquio apresenta entre a população japonesa. No final de janeiro, pesquisa feita pelo jornal “Japan Times” apontou que 72% da população queria que os Jogos fossem adiados novamente ou cancelados.

+ Vacinação será essencial para sucesso da Olimpíada, diz primeiro ministro

Alheio à esta onda negativa, o comitê organizador de Tóquio-2020 planeja iniciar o tour da tocha olímpica em 25 de março. O ponto de partida será no centro de treinamento de futebol J-Village, na cidade de Fukushima, uma das mais afetadas pelo terremoto seguido de tsumani em 2011.

Clique no link e seja você também um apoiador do blog. Ajude a combater a monocultura esportiva no Brasil

Mais em Laguna Olímpico