Siga o OTD

Judô

Em dia quase perfeito, Brasil fatura três ouros e nove pódios no Pan de judô

No último dia de disputas individual do Pan, Brasil fatura três ouros e nove medalhas

Mayra Aguiar Pan-Americano de judô medalha de ouro medalha de prata Grand Slam de Tbilisi de judô
(Foto: Emanuelle di Feliciantonio/IJF)

Em um segundo dia quase perfeito, o Brasil conquistou nove medalhas no Campeonato Pan-Americano e da Oceania de judô, em Lima, no Peru, neste sábado (16). Foram três de ouro, cinco de prata e uma de bronze. Guilherme Schimidt (81kg), Mayra Aguiar (78kg) e Beatriz Souza (+78kg) sagraram-se campeões, enquanto Luana Carvalho (70kg), Vinicius Panini (81kg), Marcelo Gomes (90kg), Rafael Buzacarini (100kg) e Rafael Silva (+100kg) foram vices. Maria Portela (70kg) levou o bronze.

+ Alison dos Santos faz segunda melhor marca brasileira da história nos 400m rasos

O Brasil teve um aproveitamento impecável nas eliminatórias e avançou com todos os seus nove atletas para a sessão das finais. A única derrota até então havia sido justamente num confronto direto, entre Maria Portela e Luana Carvalho nas semifinais da categoria até 78kg. Luana ganhou e avançou para a final, enquanto Portela foi para a disputa do terceiro lugar.

Nas finais, também houve um confronto verde-amarelo, nas finais da categoria até 81kg masculino, entre Guilherme Schimidt e Vinicius Panini. Em um combate pouco movimentado, Schimidt levou a melhor após o adversário receber três shidôs e conquistou o bicampeonato da competição. Panini, por sua vez, faturou sua primeira medalha em Pans.

Favoritismos

Entre as campeãs, destaque para Mayra Aguiar, que chegou ao sétimo título pan-americano na categoria até 78kg. Principal favorita, ela precisou passar por três adversárias para levar o ouro, vencendo todas as lutas por ippons rápidos. Na final, ela derrotou a venezuelana Karen Leon.

“Estou muito feliz por mais esse título e me motiva bastante. Essa foi minha segunda competição pós-Olimpíadas e é muito bom chegar de novo ao topo do pódio. Anima bastante para as próximas competições. Saio daqui bastante animada”, disse Mayra Aguiar, três vezes medalhista olímpica do judô.

Outra que também defendia seu título e conseguiu o bicampeonato foi Beatriz Souza, na categoria peso pesado feminino. Assim como Mayra, ela era a cabeça de chave número 1 e venceu três lutas, todas com ippons rápidos. Aos 23 anos, ela é atualmente a segunda colocada do ranking mundial de judô.

Vices

Rafael Silva, o Baby (+100kg), também buscava seu sétimo título continental e lutava pelo segundo seguido. Ele ganhou duas lutas, mas foi superado pelo cubano Andy Granda, com três shidôs, na final. Já Luana Carvalho, após derrotar Portela na semi, não conseguiu bater a venezuelana Elvismar Rodriguez e ficou com o vice-campeonato. Portela venceu a equatoriana Estefania Garcia e faturou o bronze.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Quem não era favorito e chegou longe foi Marcelo Gomes, na categoria até 90kg. Ele venceu três adversários até chegar na decisão, onde acabou superado pelo cubano Ivan Felipe Morales. Rafael Buzacarini, na até 100kg, teve uma trajetória semelhante e foi superado pelo canadense Shady Elnahas na final.

Somado os dois dias de competição, o Brasil encerrou as disputas individuais do Pan-Americano de judô com sete ouros, cinco pratas e três bronzes, totalizando 15 pódios. O país liderou, com folga, o quadro geral de medalhas do torneio. A competição será encerrada neste domingo (17), com a disputa por equipes.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Judô