Siga o OTD

Judô

Brasil vence Cuba e leva ouro por equipes do Pan de judô

Com sobras, Brasil bate Cuba por 4 a 0 e leva o título da disputa por equipes mistas do Pan-Americano de judô

Brasil é campeão por equipes mistas do Pan de judô
Brasil é tricampeão pan-americano por equipes de judô (Foto: Divulgação/CBJ)

O Brasil encerrou sua participação no Campeonato Pan-Americano e da Oceania de judô, em Lima, no Peru, com mais um título. Neste domingo de Páscoa (17), o país faturou o ouro na disputa por equipes mistas com direito a um “chocolate” sobre Cuba na grande final, vencendo por 4 a 0. Contando as provas individuais, o Brasil termina a competição com oito ouros, cinco pratas e três bronzes.

+ Guilherme Toldo é top-8 na Copa do Mundo de florete em Belgrado

A campanha até o título

Principal favorito ao título do torneio por equipes, o Brasil estreou nas quartas de final e precisou vencer apenas três confrontos para levar o título. Na estreia, a equipe bateu a Austrália por 4 a 1. Em seguida, passou pela República Dominicana por 4 a 0 e repetiu o placar contra Cuba na decisão.

Com 19 judocas convocados para a competição, o Brasil “rodou” todo o plantel disponível durante a disputa por equipes e escalou diferentes atletas em cada uma das fases. Nas quartas, contra a Austrália, Jéssica Lima (57kg), Willian Lima (73kg) e Guilherme Schimidt (90kg) e Mayra Aguiar (+70kg) venceram suas lutas, enquanto Luana Carvalho (70kg) foi a única a ser derrotada.

Já pelas semifinais, contra a República Dominicana, Willian Lima (73kg), Maria Portela (70kg), Marcelo Gomes (90kg) e Beatriz Souza (+70kg) foram os responsáveis pelas vitórias brasileiras. Enquanto os homens ganharam após forçarem punições aos adversários, as mulheres conseguiram imobilizações.

Na final, um verdadeiro clássico pan-americano, recheado de expectativas. No entanto, o Brasil foi superior e não sofreu grandes sustos para faturar mais um ouro. Maria Portela (70kg) venceu a primeira luta sobre Yusmari Reys por imobilização; em seguida Marcelo Gomes (90kg) bateu Yasel Diaz por waza-ari; Bia Souza (+70kg) voltou a vencer por imobilização, agora contra Naomis Elizarde; e Juscelino Gomes Jr. (+90kg) fechou com triunfo sobre Andy Grande pelas punições.

Retrospecto no Pan

Este é o terceiro título pan-americano por equipes consecutivo do Brasil, sempre batendo Cuba na final. Vale lembrar que esta disputa estreou no programa olímpico em Tóquio-2020 e já foi confirmada para Paris-2024. Em Tóquio, o Brasil foi sétimo colocado, perdendo na repescagem para Israel.

+SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Encerrado o Campeonato Pan-Americano e da Oceania de judô, o Brasil se garantiu na liderança isolada do quadro de medalhas. Amanda Lima (48kg), Larissa Pimenta (52kg), Jéssica Lima (57kg), Mayra Aguiar (78kg), Beatriz Souza (+78kg), Eric Takabatake (66kg) e Guilherme Schimidt (81kg) faturaram ouros, enquanto Luana Carvalho (70kg), Vinicius Panini (81kg), Marcelo Gomes (90kg), Rafael Buzacarini (100kg) e Rafael Silva (+100kg) foram vice. Rafaela Silva (57kg), Willian Lima (66kg) e Maria Portela (70kg) levaram bronzes.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Judô