Siga o OTD

Guilherme Toldo, no florete masculino de esgrima

Esgrima

Brasil repete Toronto e fica com a prata no florete por equipes

Guilherme Toldo, Alexandre Martins, Heitor Shimbo e Henrique Marques ficam com a prata e repetem a melhor campanha do Brasil, na edição de Toronto 2015, no florete por equipes masculino

Abelardo Mendes Jr/rededoesportegovbr

Brasil repete Toronto e fica com a prata no florete por equipes

Nessa sexta-feira (09), o Brasil conquistou a medalha de prata no florete por equipes da esgrima masculina, nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019. Depois de ter vencido o Canadá na semifinal de virada, a equipe formada por Guilherme Toldo, Alexandre Martins, Heitor Shimbo e Henrique Marques não conseguiu segurar o Estados Unidos por 45 a 23 e terminou com a prata. O resultado repete a melhor campanha do Brasil, na edição de Toronto 2015.

+ CONFIRA O GUIA DA ESGRIMA NO PAN


Primeiro confronto, Guilherme Toldo abriu vantagem contra os norte-americanos sempre um ponto a frente, abrindo dois no final: 05 a 03. Shimbo viu os americanos empatarem e virarem 07 a 06, os companheiros passavam instruções, mas o placar ficou com os Estados Unidos na frente: 10 a 07.

Foi, então, a vez de Henrique Marques entrar no jogo e o placar continuou na desvantagem para o Brasil: 15 a 07. Voltou para a partida a experiência de Heitor: 20 a 08. Na sequência, Toldo assumiu florete, mesmo assim: 25 a 11 para os Estados Unidos.

Henrique não conseguiu segurar os adversários que abriram: 30 a 11. Shimbo conseguiu marcar um toque contra os americanos, que mantiveram a vantagem: 35 a 12. O Brasil pareceu reagir com Martins, que marcou nove pontos: 38 a 21. A partida teve uma pausa, os americanos reclamavam, trocaram a televisão com o retorno do placar.

Henrique entregou para Guilherme Toldo com 40 a 22 para os americanos. No último confronto, Toldo não conseguiu continuar a reação brasileira e viu o jogo acabar: 45 a 23.

A semifinal

Não foi fácil! Para chegar na final, o Brasil precisou bater ninguém menos do que o Canadá. E foi uma grande virada. A equipe brasileira chegou a estar perdendo por 20 a 7, buscou a recuperação nas cinco chances finais e virou para um placar apertado de 45 a 43. Com isso, conquistou a chance de disputar o ouro contra os Estados Unidos.

Grande virada do Brasil na esgrima! Brasil está na final do florete por equipes. Chegou a estar perdendo por 20 a 7, mas venceu por 45 a 43. Decisão do ouro ainda hoje, contra os EUA.

Brasil na história do florete masculino por equipes nos Jogos Pan

Depois de passar em branco em 14 edições dos Jogos Pan-Americanos, o Brasil enfim quebrou o tabu e conseguiu um lugar no pódio em 2011, quando Fernando Scavasin, Heitor Shimbo, Guilherme Toldo e Renzo Agresta conquistaram o inédito bronze. Quatro anos depois, o país voltou a figurar no top 3, desta vez ficando com a prata.

Mais em Esgrima