Siga o OTD

Hipismo

Brasil fica em 7º lugar na Copa das Nações de Vilamoura

Yuri Mansur, Francisco Musa, Luiz Felipe de Azevedo Filho e Eduardo Menezes formaram o quarteto brasileiro de cavaleiros na competição em Portugal

(Divulgação/CBH)

Brasil fica em 7º lugar na Copa das Nações de Vilamoura

A equipe brasileira de hipismo saltos entrou em ação pela Copa das Nações da modalidade que foi realizada em Vilamoura, Portugal. Doze times entraram na disputa e o Brasil terminou em sétimo lugar nesta terça (17).

Quatro conjuntos foram escalados pelo treinador suíço Philippe Guerdat para competirem na prova: Yuri Mansur, Francisco Musa, Luiz Felipe de Azevedo Filho e Eduardo Menezes.

Marlon Zanotelli, melhor cavaleiro brasileiro de saltos, não participou da Copa das Nações, mas é um nome quase garantido para formar a seleção que vai disputar os Jogos de Tóquio-2020.

Yuri Mansur - Leandro Abrahão - Marlon Zanotelli copa das nações brasil vilamoura saltos
Yuri Mansur foi o melhor brasileiro em Vilamoura, Portugal (Divulgação)

A disputa

Yuri Mansur foi o primeiro a competir no percurso. Montando QH Alfons Santo Antonio, o cavaleiro brasileiro somou quatro pontos de penalidade e fechou com o tempo de 73s16.

Depois foi a vez de Francisco Musa e Alea Império Egípcio disputarem a Copa das Nações. Eles também somaram quatro pontos de penalidade e fizeram o tempo final de 72s98.

Na sequência, a equipe do Brasil foi de Luiz Felipe de Azevedo Filho e Hermes van de Vrombautshoeve. O conjunto somou cinco pontos de penalidade e fez 75s21. Como a disputa da Copa das Nações prevê que se elimine o pior resultado, o desempenho de Luiz Felipe foi descartado.

Fechando a participação brasileira na Copa das Nações de Vilamoura, Eduardo Menezes e H5 Chaganus somaram quatro pontos de penalidade e cravaram o tempo de 72s31.

Resultado final

Somando as 12 penalidades e tempos, descartando o pior resultado, o Brasil registrou o tempo final de 218s45 e acabou na sétima colocação.

A vitória na Copa das Nações acabou sendo dividida entre as equipes da Itália e da Grã-Bretanha. Como não há desempate por tempo, ambas terminaram no topo com apenas quatro pontos de penalidades.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

Curiosamente, a terceiro lugar também foi dividido, mas entre Alemanha, França, Irlanda e Holanda, todas com oito pontos de penalidade.

Mais em Hipismo