Siga o OTD

Tóquio 2020

Brasil perde para a Noruega na estreia do Pré-Olímpico de handebol masculino

Seleção brasileira é dominada pelos europeus e perdem na estreia do torneio que distribui vagas paras os Jogos de Tóquio

Brasil perde para a Noruega na estreia do Pré-Olímpico de handebol masculino

O Brasil estreou no Pré-Olímpico de handebol masculino com o pé esquerdo. Duelando contra a Noruega, a favorita do grupo, a equipe verde amarela acabou derrotada por 32 a 20 em partida disputada em Podgorica, capital de Montenegro.

Apresentando uma atuação de altos e baixos, a equipe comandada por Marcus Tatá foi facilmente superada pela forte seleção norueguesa, que teve como ponto forte a sua ótima eficiência defensiva, sobretudo no segundo tempo.

O artilheiro do Brasil no jogo foi Haniel Langaro, com quatro gols marcados. Pelo lado norueguês, o destaque ficou com a estrela do time, Sander Sagosen, que balançou as redes seis vezes.

Com a derrota na estreia, o Brasil foca agora nos seus dois próximos compromissos no torneio para seguir vivo na briga por uma das duas vagas para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Além de Brasil e Noruega, o grupo conta com Coréia do Sul e Chile. Vale dizer que a equipe asiática estreou com vitória por 36 a 35 sobre a seleção chilena.

Pré-Olímpico de handebol Noruega
Torbjorn Bergerud foi um dos destaques do time norueguês na partida (Twitter/ihf_info)

O próximo adversário da seleção brasileira será a Coréia do Sul. O confronto marcado para as 13h15 deste sábado (13) é fundamental para que a seleção brasileira siga viva na luta por uma vaga. Em caso de derrota, o Brasil dependerá de resultados improváveis para seguir com chances no Pré-Olímpico de handebol.

O jogo

O primeiro tempo foi de vantagem da equipe norueguesa. Com um ataque muito eficiente e de jogadas rápidas, a equipe europeia não demorou para abrir uma vantagem considerável nos primeiros minutos de jogo.

Na fase intermediária do primeiro tempo o Brasil conseguiu se acertar na defesa e equilibrar o jogo. Contando com Raniel e Gustavão bem no setor ofensivo, a equipe verde amarela chegou a conseguir o empate no 10 a 10.

O Brasil chegou a ter uma ótima oportunidade para conseguir a virada quando viu a Noruega ficar com dois jogadores a menos em quadra. No entanto, a equipe europeia soube lidar com o tempo em desvantagem.

A chance desperdiçada pareceu ter sido sentida pelo Brasil, que viu os noruegueses voltar a dominar o jogo e abrir uma vantagem de cinco gols na reta final do primeiro tempo.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Na segunda etapa o Brasil não conseguiu segurar o ímpeto norueguês. Sem conseguir incomodar a defesa adversária, que contava com uma atuação impressionante do goleiro Torbjorn Bergerud, o time europeu adotou uma formação em que não mantinha o seu arqueiro em quadra enquanto possuía a bola no ataque.

Com essa postura, o time europeu não demorou para abrir uma enorme diferença no placar e levar o jogo com certa tranquilidade na segunda metade.

Mais em Tóquio 2020