Siga o OTD

Adilson da Silva termina 1ª rodada entre os 70 primeiros

Golfe

Adilson da Silva volta à ação em 19 de agosto no tour sul-africano

Ainda brigando por vaga em Tóquio-2020, melhor golfista brasileiro confirma presença em cinco etapas na África do Sul até setembro

Adilson da Silva, melhor brasileiro do ranking mundial (Divugação/cbg)

Adilson da Silva volta à ação em 19 de agosto no tour sul-africano

Melhor golfista brasileiro, Adilson da Silva voltará à ativa nos campos do Sunshine Tour, após pausa de mais de quatro meses por conta da pandemia do novo coronavírus, no dia 19 de agosto.

O calendário oficial do circuito será anunciado em breve, mas o brasileiro mais bem colocado no ranking mundial já sabe que terá cerca de cinco torneios do tour sul-africano de golfe pela frente.

“Nó vamos voltar a jogar torneios aqui na África do Sul, no Sunshine Tour, começando em 19 de agosto. Serão cinco etapas até setembro e estou confirmado em todas”, afirma Adilson da Silva.

+SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

No aguardo

“Na Ásia ainda não temos novidades, se vão cancelar ou alterar as datas previstas. Tudo deve ser retomado em setembro, mas eu dependo ainda da reabertura das embaixadas. Espero que esteja tudo normal até lá e eu consiga pegar visto para as viagens”, complementa.

Ele aproveitou a longa pausa com treinos físicos e táticos no jardim da sua casa, e retomou as atividades de em campo em meados de junho, quando foi liberada a prática de golfe na África do Sul.

Adilson da Silva ranking golfe
Adilson da Silva foi o representante brasileiro na Rio-2016 Foto: Wander Roberto/Exemplus/COB

“Estou treinando bastante, vou para Joanesburgo uma semana antes do torneio para treinar lá, uma vez que os greens são bem mais rápidos e, por conta da altitudes, a bola acaba voando muito mais”, finaliza Adilson.

As chances

Brasileiro mais bem colocado no ranking mundial e, portanto, com mais chances de buscar uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, Adilson da Silva aparece na posição de número 375 nesta semana.

Mas como Adilson da Silva ainda tem chances tão longe assim das primeiras posições no ranking mundial? São 60 vagas para Tóquio-2020 que virão do ranking olímpico, que já exclui as cotas por país.

+ Rodrigo Lee é top 40 nos EUA, em melhor resultado da temporada

Dentre os 15 melhores do ranking mundial, podem ir até quatro atletas por país. Depois, só dois por país. E os Estados Unidos dominam o ranking. Para ter uma ideia, entre os 15 melhores, 10 são americanos. e apenas quatro vão aos Jogos.

Sendo assim, excluindo as cotas por país, Adilson da Silva tem chances, mas precisa subir um pouco no ranking mundial. Se subir e ficar entre os 300 melhores as chances são grandes.

Se ficar entre os 350 melhores, as chances de Adilson da Silva caem e ele precisará de uma série de combinações para ir ao golfe dos Jogos de Tóquio-2020.

Mais em Golfe