Siga o OTD

Tóquio 2020

As primeiras percepções da ginástica masculina na Vila Olímpica: “estilo japonês”

Recém chegados na Vila Olímpica, atletas da ginástica artística masculina falam sobre protocolos e percepções

Giovana Pinheiro / Olimpíada Todo Dia

As primeiras percepções da ginástica masculina na Vila Olímpica: “estilo japonês”

Tóquio – Os atletas da ginástica artística tiveram uma viagem mais curta para Tóquio. Vieram direto pós temporada em Doha, pra competir a Copa do Mundo de Doha, ou seja, ganharam seis horas de fuso. Segunda-feira (19), começam os treinamentos oficiais e Arthur Nory, Arthur Zanetti, Caio Souza, Chico Barretto e Diogo Soares estarão ainda mais ambientados na Vila Olímpica de Tóquio 2020.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Chico Barretto tem 31 anos e já participou de diversas competições em Vilas e comenta o que viu até agora: “Estrutura de apartamento de formato diferente, bem estilo japonês. Eles não tem essa questão de ostentar muita coisa. As coisas dos japoneses são bem simples. E é isso que eu estou vendo aqui: simplicidade, mas não deixa faltar nada.”

“Eu fui pros Jogos Olímpicos da Juventude e é bem parecida. Mas como o Chico contou, é bem estilo japonês. A gente chegou no quarto, viu que a cama estava diferente, viu que era feita de papelão. É boa. Então está sendo bem legal”, contou Diogo Soares, que embora novato em Jogos Olímpicos já conheceu o Japão em competição de 2018.

Protocolos de Segurança

A maior preocupação da organização dos Jogos é a pandemia de Covid-19. Por isso, quando você chega ao Japão, é cobrado de inúmeros documentos até ser liberado. “Espera consciente, ficamos quatro horas”, conta Chico. “A gente sabia que ia ter que esperar”, comenta Nory.

“Nós temos muito protocolos. Testes, espera o resultado sair, então estamos seguindo tudo e se cuidando. Um cuidando do outro. A gente sabe que aqui são duplas, cada um anda com a sua dupla, pra também não ficar contaminando os outros,” completa o ginasta campeão mundial em 2019.

Casos de Covid-19 na Vila Olímpica

Perguntados sobre os casos de coronavírus dentro da Vila Olímpica, a resposta foi direto por Chico Barretto: “A gente acabou de acordar, acabou de dar os primeiros passos por aqui. Os primeiros passos já estamos dando com os protocolos aqui devido ao que foi informado. Já fizemos os nossos testes, todo mundo está negativo. A gente sabe que isso ia e vai acontecer, acho que não vai ficar por só dois casos aí, acho que vem a evoluir, mas a gente tem consciência disso. E a gente tem que fazer a nossa parte. Tem que continuar se policiando em relação a higiene. E seguir. Isso vai acontecer e a gente tem que continuar com a higiene, cada um fazendo a sua.”

Mais em Tóquio 2020