Siga o OTD

Estão definidos os finalistas do Campeonato Brasileiro Feminino A-2 de 2020. Neste domingo (17), o Napoli-SC e o Botafogo se garantiram na decisão após superarem, respectivamente, Real Brasília e Bahia. Os quatro clubes já conquistaram o direito de disputar a elite nacional em 2021. Os dois jogos que definirão o campeão da competição estão marcados para os dias 24 e 31 de janeiro.

Futebol

Napoli e Botafogo disputam a final do Brasileiro Feminino A-2

Napoli-SC e Botafogo se garantiram após superarem, respectivamente, Real Brasília e Bahia. Os quatro já têm vaga na Série A-1 em 2021

O Botafogo ganhou do Bahia, em Salvador, por 2 a 1 (Twitter/ECBahia)

Napoli e Botafogo disputam a final do Brasileiro Feminino A-2

Estão definidos os finalistas do Campeonato Brasileiro Feminino A-2 de 2020. Neste domingo (17), o Napoli-SC e o Botafogo se garantiram na decisão após superarem, respectivamente, Real Brasília e Bahia. Os quatro clubes já conquistaram o direito de disputar a elite nacional em 2021. Os dois jogos que definirão o campeão da competição estão marcados para os dias 24 e 31 de janeiro.

Napoli nos pênaltis

O Napoli está na decisão do Brasileiro Feminino A-2 (Instagram/anapolicacadorense)
O Napoli está na decisão do Brasileiro Feminino A-2 (Instagram/anapolicacadorense)

O primeiro a conquistar sua vaga foi o Napoli. Em confronto realizado no estádio Carlos Alberto Costa Neves, em Caçador (SC), o time da casa precisou da disputa dos pênaltis para superar o Real Brasília. Depois do empate por 1 a 1 no tempo normal, a equipe catarinense avançou para a final do Brasileiro Feminino A-2 ao ser mais eficiente nas cobranças das penalidades: 5 a 4.

+ Atlético-MG e Athletico decidem Brasileiro Sub-20, ao vivo, 20h

Durante os 90 minutos, Aninha marcou para o Napoli e Bárbara fez o gol do Real Brasília. O time visitante começou melhor a partida. A equipe candanga foi para cima no início, no entanto, quem balançou a rede foi o clube mandante. Aos 19 minutos do primeiro tempo, Júlia finalizou da ponta esquerda no alto, a goleira Flavinha não conseguiu segurar a bola e Aninha, na sobra, empurrou para o gol: 1 a 0.

+ Com 2 assistências de Ludmila, Atlético é campeão da Supercopa

Com o gol, o Napoli cresceu e teve chances para aumentar. Na fase final da etapa inicial, a equipe candanga equilibrou e foi ao ataque, no entanto, não foi capaz de igualar. Na segunda etapa, o duelo ficou truncado, com poucas chances de gol. Apesar disso, o Real Brasília persistiu e, aos 52, Barbara acertou uma linda meia bicicleta dentro da área e fez um golaço: 1 a 1. Nos pênaltis, a goleira Flavinha bateu para fora e classificou o rival: 5 a 4.

Botafogo avança fora de casa

O Botafogo decide o título do Brasileiro Feminino A-2 contra o Napoli (Syllas Brito/Divulgação)
O Botafogo decide o título do Brasileiro Feminino A-2 contra o Napoli (Syllas Brito/Divulgação)

O outro classificado saiu pouco mais de uma hora depois do êxito do Napoli. Em Salvador, na Arena Fonte Nova, o Bahia recebeu o Botafogo e foi derrotado por 2 a 1. Os gols das Gloriosas foram marcados por Kelen e Vivian. Já as donas da casa balançaram a rede com Ellen. A partida iniciou bastante movimentada, com as equipes criando cinco chances de gol em menos de 15 minutos: três das visitantes e duas das mandantes.

+ Com Formiga titular, PSG estreia em 2021 com vitória

Aos 41 minutos do primeiro tempo, o Botafogo abriu o placar. A atacante Kelen recebeu lançamento longo e se aproveitou da falha da goleira Nágila para tocar de canhota para o fundo do gol. Porém, aos 47, o Bahia empatou e o jogo foi para o intervalo com o marcador em 1 a 1. A meio-campista e camisa 11 do Tricolor recebeu assistência da entrada da área, dominou e bateu de pé direito no canto direito de Rubi.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

No segundo tempo, o Botafogo voltou a assumir a dianteira com Vivian. Aos 13, a meia Gabi cobrou falta perto da marca do escanteio, do lado esquerdo do campo, e Vivian, camisa 10 das Gloriosas, desviou de cabeça de dentro da pequena área, sem chances para Nágila. O Bahia ainda teve uma grande chance de empatar aos 34 em cobrança de pênalti. Giovania chutou de pé direito e a bola foi rasteira e bateu na trave de Rubi.

Mais em Futebol